Você está aqui
  1. Mundo Educação
  2. Geografia
  3. Geografia Física
  4. Movimentos de massa

Movimentos de massa

Os movimentos de massa associam-se a deslizamentos, desmoronamentos, movimentos de blocos e fluxos, provocando transformações no relevo.

Eventualmente, observamos nos noticiários e em nosso cotidiano diversos acontecimentos relacionados com os movimentos de massa. Em alguns casos, verdadeiras catástrofes, como os deslizamentos de terra, acontecem em função desse fenômeno que, apesar de ser natural, pode ser intensificado pela ação humana.

Os movimentos de massa são definidos como qualquer deslocamento de rochas ou sedimentos (que são partículas de rochas) em superfícies inclinadas, estando relacionados, principalmente, com a ação da gravidade. Trata-se de eventos geomorfológicos deposicionais, ou seja, que transportam e depositam sedimentos de um local para outro, portando-se como um dos mais elementares processos de transformação do relevo.

Os deslizamentos são as formas de movimentos de massa mais conhecidas, porém não são as únicas. Na verdade, ocorre, frequentemente, uma verdadeira confusão em relação à utilização de diferentes conceitos que, em muitos casos, são apresentados como se fossem sinônimos.

Os escorregamentos – nomenclatura mais específica para os deslizamentos – são movimentos de massa em médias e grandes quantidades que se manifestam de maneira mais acelerada. Geralmente, o escorregamento envolve o deslocamento de um volume muito bem definido de lama ou terra, destruindo casas, estradas e, em alguns casos, bairros ou cidades inteiras. Eles ocorrem, na maioria dos casos, em função da ação da água que, em grandes quantidades, torna-se responsável por encharcar os solos e desprender a superfície de sua base, fazendo que ela desça ladeira abaixo.

Exemplo de escorregamento atingindo e levando consigo uma casa
Exemplo de escorregamento atingindo e levando consigo uma casa

Os desmoronamentos, por sua vez, ocorrem de forma mais lenta e gradual. Em alguns casos, eles são quase que imperceptíveis a curto prazo, provocando gradativas deformidades na superfície, como entortamento de árvores e construções.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Os movimentos de blocos, como o próprio nome sugere, envolvem o deslocamento de grandes fragmentos de rochas, que se rompem e deslocam-se em razão da força da gravidade. É um processo em área com elevada declividade.

Placa sinalizando a possibilidade de movimento de blocos no terreno
Placa sinalizando a possibilidade de movimento de blocos no terreno

Os fluxos ou corridas são movimentos de massas fluídas, formando uma lama densa originada pela mistura entre os sedimentos e a água das chuvas. Em virtude da viscosidade desse material, a sua movimentação é rápida e pode atingir grandes áreas em grandes distâncias, provocando transtornos em cidades e rodovias.

Fluxos de sedimentos invadindo as ruas de uma cidade
Fluxos de sedimentos invadindo as ruas de uma cidade ¹

Como já foi afirmado, os movimentos de massa são fenômenos naturais que podem ser influenciados pela ação antrópica. Em alguns casos, a remoção da vegetação proporciona a destabilização do terreno, que passa a sofrer com deslizamentos. Em outros, mesmo com a vegetação conservada, esses movimentos ocorrem, transformando as áreas em zonas de risco que não podem ser ocupadas pela população sem autorização de especialistas. As inúmeras tragédias urbanas provocadas em épocas de chuva por esse tipo de problema, na grande maioria dos casos, poderiam ser evitadas caso houvesse melhor aplicabilidade dos conhecimentos geomorfológicos para a ocupação do espaço geográfico.

________________

¹ Créditos da imagem: Lowe R. Llaguno e Shutterstock

Os movimentos de massa podem causar transtornos
Os movimentos de massa podem causar transtornos
Publicado por: Rodolfo F. Alves Pena

Assuntos Relacionados