Você está aqui
  1. Mundo Educação
  2. Geografia
  3. Países
  4. O Terremoto no Japão

O Terremoto no Japão

O Japão é um país asiático que ocupa uma área de 377.801 quilômetros quadrados e possui 126,9 milhões de habitantes. Seu território, localizado no limite da placa tectônica Euroasiática Oriental, é afetado constantemente por terremotos – um em cada cinco terremotos no mundo com magnitude superior a 6 graus na escala Richter atinge o Japão.

Esse fenômeno se deve a uma zona de convergência entre as placas do Pacífico, Euroasiática Oriental, Norte-Americana e das Filipinas, formando o “Círculo de Fogo do Oceano Pacífico”. O constante encontro entre esses blocos origina uma área de instabilidade tectônica, desencadeando terremotos, tsunamis e intensa atividade vulcânica nessa porção do globo.

Diante desse cenário, o Japão proporciona treinamentos para a população de como agir durante os terremotos e desenvolve recursos tecnológicos para serem empregados na construção civil que possam minimizar os danos causados pelos abalos sísmicos. Essas ações fazem do Japão o país mais preparado para enfrentar esses fenômenos naturais.

Contudo, no dia 11 de março de 2011, o país não conseguiu conter a ação destrutiva de um terremoto de 9 graus na escala Richter que atingiu a costa leste do país. De acordo com o Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS), o abalo sísmico teve seu epicentro no Oceano Pacífico, a 24 quilômetros de profundidade e a 160 quilômetros de distância da costa leste japonesa.

Esse foi considerado o pior terremoto do Japão e o quarto pior do mundo. Réplicas de magnitude superior a 5 graus também foram registradas. O tremor formou um tsunami com ondas que atingiram até 10 metros de altura e 800 Km/h, devastando cidades e vilarejos, em especial Sendai, situada na ilha de Honshu. As ondas desse tsunami chegaram ao Havaí, Filipinas, Indonésia e Estados Unidos.

As consequências do terremoto no Japão foram arrasadoras: milhões de residências ficaram sem energia elétrica, dezenas de construções incendiaram, veículos e casas foram arrastados pela água, pontes foram destruídas, plantações ficaram alagadas, houve vazamento de vapor radioativo de uma usina nuclear, entre outros danos. Segundo a Polícia Nacional, 9.079 pessoas morreram e milhares ficaram feridas.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Por Wagner de Cerqueira e Francisco
Graduado em Geografia

Tsunami provocado pelo terremoto no Japão
Tsunami provocado pelo terremoto no Japão
Publicado por: Wagner de Cerqueira e Francisco

Assuntos Relacionados