Você está aqui
  1. Mundo Educação
  2. Geografia
  3. Geografia Física
  4. Oceano Pacífico

Oceano Pacífico

Localizado a oeste da América, a leste da Austrália e da Ásia, e ao sul da Antártida, o Pacífico é o maior de todos os oceanos, apresentando uma área de 180 milhões de km², que é um valor maior do que a soma de todas as regiões emersas da Terra. Com uma profundidade média de 4.280 m, que lhe confere a característica de mais profundo dos oceanos, o Pacífico foi descoberto em 1513 pelo espanhol Vasco Núñez de Balboa, e navegado pela primeira vez em 1520, pelo navegador português Fernão de Magalhães.

O Oceano Pacífico possui um grande número de ilhas, aproximadamente 25.000; o conjunto dessas ilhas é chamado de Micronésia (pequenas ilhas) ou Polinésia (muitas ilhas). O oceano está contido inteiramente em uma placa tectônica (Placa do Pacífico), fato que faz com que o Pacífico tenha uma grande atividade vulcânica. Nele, existem grandes edifícios vulcânicos emergidos em forma de ilhas (Havaí, Marquesas, Marshall, Carolinas).

O Pacífico recebe pouca influência de massas de ar. Fazem parte do Oceano Pacífico, as seguintes massas marítimas: Oceano Glacial Antártico, Mar de Bering, Mar de Olchotsk, Mar do Japão, Mar da China Oriental, Mar da China Meridional, Mar de Java, Mar de Arafura, Mar de Corais, Mar de Taemfinia, Mar de Sonda e Golfo da Califórnia.

Além de ser o maior, o Pacífico é um dos oceanos mais importantes economicamente. Nas costas da Austrália e Nova Zelândia se extrai petróleo e gás natural, sem contar outras riquezas minerais. Além disso, o oceano é uma região intermediária entre grandes potências mundiais, como os Estados Unidos e o Japão.
Oceano Pacífico
Oceano Pacífico
Publicado por: Tiago Dantas

Assuntos Relacionados