Você está aqui
  1. Mundo Educação
  2. Geografia
  3. Geografia humana
  4. Países com escassez de água

Países com escassez de água

“Entre os países com escassez de água, merecem destaque algumas nações do Oriente Médio, da África e também do sul da Ásia.”

Se considerarmos a superfície terrestre, podemos facilmente notar que a maior parte do nosso planeta é constituída por água, que totaliza cerca de 70% de toda a área da Terra. No entanto, enquanto a maior parte dessas águas é oceânica, ou seja, imprópria para consumo, apenas 3% é de água doce. Para agravar a situação, desses 3%, a maior parte encontra-se em geleiras e reservas subterrâneas.

Por esse motivo – e também pela irregular distribuição de água no mundo – existem várias regiões que sofrem com a falta de água, o que envolve territórios de várias partes do globo terrestre. Entre os países com escassez de água, destacam-se as nações situadas no Oriente Médio, uma região com muitos desertos e pouca disponibilidade de recursos hídricos, além de algumas regiões da África, da Ásia e também das Américas.

Por esse motivo, a Unesco elaborou um ranking sobre a disponibilidade per capita de água no mundo. Embora os dados sejam de 2003 e careçam de atualização, percebe-se atualmente que a situação dos países listados como os mais carentes permanece a mesma. Confira:

Lista dos 10 países com a menor média per capita de água
Lista dos 10 países com a menor média per capita de água

No Kuwait, país com a menor disponibilidade de água do mundo, a luta por esse recurso é sempre uma prioridade do Estado, que precisa importar uma grande quantidade– ao passo em que o país é um dos maiores exportadores de petróleo – e também recorrer a técnicas de dessalinização da água do mar. Esse último procedimento é também realizado por vários países da região, com destaque para Israel, que também possui um bom aproveitamento das águas subterrâneas e da exploração do rio Jordão para irrigação.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Existem, por outro lado, casos de países que até possuem uma quantidade moderada ou regular de reservas hídricas, mas que sofrem da mesma forma com a falta de água. Nesses casos, os problemas econômicos e políticos impedem maiores investimentos em fornecimento de recursos hídricos para a população, como é o caso de vários países do continente africano e também da Ásia.

Além do mais, nem mesmo os países com grandes reservas hídricas estão livres desse problema, uma vez que a distribuição natural desse recurso não ocorre de maneira regular no interior dos territórios. Não é preciso ir muito longe para visualizar essa questão, pois, no Brasil, várias regiões possuem históricos de secas severas e falta de água, como algumas áreas do Polígono das Secas, na região Nordeste e, mais recentemente, na região Sudeste, destacando-se o estado de São Paulo, cuja capital viu os seus reservatórios secarem significativamente nos últimos tempos.

Para combater a escassez hídrica no mundo, é preciso haver investimentos pesados por parte dos governos em obtenção, tratamento e preservação dos recursos hídricos. Nos casos mais extremos, medidas de cooperação internacional precisam ser tomadas, haja vista que o acesso à água é um direito universal. De acordo com dados da ONU, cerca de 1,1 bilhão de pessoas sofre com a falta desse importante recurso natural.

Publicado por: Rodolfo F. Alves Pena
Região desértica no Oriente Médio com severa escassez hídrica
Região desértica no Oriente Médio com severa escassez hídrica

Assuntos Relacionados