Petróleo

O petróleo é uma fonte não renovável responsável por cerca de 37% da produção de energia no mundo.

A produção de energia é um elemento essencial para a vida do ser humano, sobretudo para a realização das atividades industriais. As fontes não renováveis (carvão, gás natural, petróleo, etc.) respondem por cerca de 87% da matriz energética global, com destaque para o petróleo, que é a fonte mais utilizada desde a Segunda Revolução Industrial, ocorrida durante o século XIX.

O petróleo é uma mistura de hidrocarbonetos, de origem fóssil e não renovável, ou seja, ele irá se esgotar na natureza. Sua formação ocorreu principalmente nas rochas sedimentares, através da decomposição de matéria orgânica (restos de plantas e animais). O tempo e as condições a que esses materiais ficaram submetidos (pouco oxigênio, pressão da terra, altas temperaturas, etc.) promoveram sua transformação em uma massa homogênea viscosa de coloração negra.

Após a extração e refino do petróleo, vários produtos podem ser obtidos, como a gasolina, óleo diesel, fertilizantes, tintas, borrachas, plástico, medicamentos, entre tantos outros. O petróleo é responsável por cerca de 37% da produção de energia no mundo, sendo que o setor de transporte é o principal destino desse óleo (50%) Estima-se que 25% é utilizado pelas indústrias e os outros 25% são para a indústria química e para a geração de energia nas usinas termelétricas.

Apesar de sua eficácia para a geração de energia, o petróleo é extremamente prejudicial ao meio ambiente, pois durante sua combustão ocorre a liberação de gases poluentes, com destaque para óxido nitroso (N2), dióxido de carbono (CO2) e o metano (CH4). Esses gases provocam a poluição atmosférica e intensificam o efeito estufa. Além desses problemas, a exploração de petróleo em plataformas marítimas também pode causar a poluição hídrica, através de vazamentos, como o que ocorreu no Golfo do México.

As principais jazidas de petróleo estão localizadas no Oriente Médio, Golfo do México, Estado Unidos da América (EUA), Venezuela, Federação Russa, China e na porção ocidental da África. No Brasil, o estado do Rio de Janeiro é o maior produtor nacional de petróleo, mas também há reservas significativas no Espírito Santo, Rio Grande do Norte e Bahia. A Petróleo Brasil S/A (Petrobras) visa explorar o “ouro-negro” encontrado a 7 mil metros abaixo do nível do mar: uma imensa reserva de petróleo, denominada Pré-sal, que poderá triplicar a produção nacional. Caso esse fato se concretize, o Brasil se tornará um dos maiores produtores de petróleo, podendo até integrar a Opep.

A Opep (Organização dos Países Produtores de Petróleo) é uma organização formada com o intuito de controlar a produção e os preços do petróleo no mercado internacional, estabelecendo um verdadeiro cartel através da redução da oferta do produto para obter os melhores preços no mercado mundial.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Por Wagner de Cerqueira e Francisco
Graduado em Geografia

Plataforma petrolífera
Plataforma petrolífera
Publicado por: Wagner de Cerqueira e Francisco
Artigo relacionado
Teste agora seus conhecimentos com os exercícios deste texto

Assuntos Relacionados