Você está aqui
  1. Mundo Educação
  2. Geografia
  3. Geografia ambiental
  4. Poluição das águas oceânicas

Poluição das águas oceânicas

Na sociedade moderna fala-se muito a respeito dos impactos ambientais que o homem tem promovido na natureza e que vêm modificando negativamente a atmosfera, a litosfera e também a hidrosfera.
A hidrosfera é um elemento da biosfera que se divide, especialmente, em águas continentais e oceânicas.

Os oceanos e mares sempre serviram o homem, e continuam desempenhando um importante papel nas sociedades modernas. Apesar de sua suma importância, os oceanos não são preservados pelo homem, pelo contrário, o que se percebe é um enorme descaso com os ambientes marinhos. Os oceanos possuem grande capacidade de regeneração, ou seja, conseguem diluir a poluição. No entanto, a quantidade de poluição (esgotos, produtos químicos, petróleo, entre outros) lançada nas águas marinhas nas últimas décadas é maior que a capacidade de regeneração. Estima-se que cerca de 14 bilhões de toneladas de poluentes atingem os oceanos anualmente.

Diante da enorme quantidade de dejetos despejados nas águas marinhas, o litoral passa a concentrar um grande volume de elementos orgânicos. Isso propicia um aumento na quantidade de microrganismos que são altamente prejudiciais aos animais marinhos, além de comprometer o ciclo da cadeia alimentar.

Diariamente são lançados nos oceanos milhões de toneladas de lixo (oriundos dos centros urbanos e também da zona rural). Os principais agentes poluidores são: esgotos, resíduos industriais, lixo e fertilizantes agrícolas.

A contaminação das águas marinhas produz vários agravantes, dentre eles, extinção de pontos turísticos litorâneos, diminuição da oferta de peixes e contaminação dos mesmos, em razão do esgoto. Outro caso grave de poluição oceânica é contaminação das águas por petróleo, que acontece por vazamentos ou mesmo quando se lava os tanques dos navios petroleiros.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)
Animal marinho coberto por petróleo.
Animal marinho coberto por petróleo.
Publicado por: Eduardo de Freitas

Assuntos Relacionados