Raio

Os raios são descargas elétricas que ocorrem quando as nuvens se carregam eletricamente. São vistos através de trajetórias irregulares e ramificadas com aproximadamente 2 a 5 cm. Para que tal descarga aconteça é necessário que o solo tenha carga elétrica oposta à contida nas nuvens, pois dessa forma ocorre a atração entre elas e por fim a descarga é liberada pela nuvem.

Os raios podem ocorrer entre nuvens quando se iniciam dentro de uma dessas (não apresentando risco direto ao solo e sim a aeronaves) e entre nuvens e o solo que pode se iniciar tanto na nuvem quanto no solo (sendo que os iniciados nas nuvens apresentam maior risco ao solo).

Cerca de 99% da descarga é liberada em forma de luz e 1% em forma de trovão. O canal por onde ocorre a descarga aquece o ar em até 30.000ºC em poucos milissegundos. As descargas normalmente afetam pontos mais altos encontrados sobre o solo que por sua vez distribui eletricidade para o solo e para as estruturas condutoras próximas. Por esses motivos é que se recomenda não sair de casa em tempestades, não se aproximar de pontos altos, não permanecer em locais abertos se começar uma chuva, não se manter perto de condutores de energia, não tomar banho, não se aproximar do telefone e outros.

Obs. Se porventura não houver como se refugiar num abrigo permanecendo num local aberto, recomenda-se que permaneça agachado bem encolhido abraçando as pernas.

A água pura não atrai os raios, mas pelo fato da água utilizada por nós ser tratada, recebendo sais, pode atrair a descarga elétrica.
Descargas de trajetórias irregulares e ramificadas.
Descargas de trajetórias irregulares e ramificadas.
Publicado por: Gabriela Cabral

Assuntos Relacionados