RIDE

A Região Integrada de Desenvolvimento do Distrito Federal e Entorno (RIDE), foi criada pela Lei Complementar n° 94, de 19 de fevereiro de 1998, e regulamentada pelo Decreto n° 2.710, de 04 de agosto de 1998, alterado pelo Decreto n° 3.445, de 04 de maio de 2000.

A RIDE é constituída pelo Distrito Federal, pelos municípios de Abadiânia, Água Fria de Goiás, Águas Lindas de Goiás, Alexânia, Cabeceiras, Cidade Ocidental, Cocalzinho de Goiás, Corumbá de Goiás, Cristalina, Formosa, Luziânia, Mimoso de Goiás, Novo Gama, Padre Bernardo, Pirenópolis, Planaltina, Santo Antônio do Descoberto, Valparaíso de Goiás e Vila Boa, no Estado de Goiás, e de Unaí, Buritis, Arinos e Cabeceira Grande, no Estado de Minas Gerais.


Imagem de Brasília
 

Essa região foi criada com o intuito de proporcionar o desenvolvimento econômico e social. Abordando aspectos como saneamento ambiental, educação, turismo, segurança pública, saúde, habitação, geração de empregos, proteção ao meio ambiente, serviços de telecomunicação, infraestrutura, entre outros fatores.

A construção de Brasília exerceu forte atração para migrantes em busca de trabalho, em razão da necessidade de mão de obra para a sua construção. Esse processo resultou num aumento populacional rápido, consequentemente, as cidades próximas a Brasília também tiveram um populacional significativo e de forma desordenada.

A Região Integrada de Desenvolvimento do Distrito Federal e Entorno, totaliza 798.350 pessoas, apresentando uma grande concentração populacional. Os municípios mais populosos são respectivamente: Luziânia, Águas Lindas de Goiás, Valparaíso de Goiás, Novo Gama e Planaltina.

A concentração populacional nesses municípios é explicada pela proximidade de Brasília, pois das cidades citadas acima, a mais distante de capital federal é Luziânia, com apenas 58 km de distância. Essas são consideradas cidades dormitórios para uma parcela da população, que trabalham em Brasília e vão para suas residências apenas para dormir.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)
Publicado por: Wagner de Cerqueira e Francisco

Assuntos Relacionados