Santa Catarina
Localização de Santa Catarina no mapa do Brasil

O estado de Santa Catarina está localizado na Região Sul do território brasileiro. É o menor e menos populoso estado da Região, tem grande influência de imigrantes portugueses, italianos e alemães.
O povoamento do território catarinense está diretamente ligado aos interesses de navegações portuguesas e espanholas, que tiveram o litoral de Santa Catarina como ponto de apoio para atingir, principalmente, a região do Rio do Prata.

A extensão territorial de Santa Catarina é de 95.703,487quilômetros quadrados. Conforme dados do Censo Demográfico de 2010, realizado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), totaliza 6.248.436 habitantes, distribuídos em 293 municípios. Apresenta densidade demográfica de aproximadamente 65,3 hab/km², e crescimento demográfico de 1,6% ao ano.

A cidade de Florianópolis é a capital do estado, outras cidades catarinenses importantes são: Joinvile, Blumenau, São José, Criciúma, Lages, Chapecó, Itajaí, Jaraguá do Sul, Palhoça e a cidade turística, Balneário Camboriú.

O relevo apresenta terrenos baixos, enseadas e ilhas no litoral, planaltos a leste e a oeste e depressão no centro. O ponto mais elevado é o morro da Boa Vista, na serra Anta Gorda, com 1.827 metros de altitude. A vegetação é composta por mangues no litoral, mata de araucária no centro, campos a sudoeste e faixas da floresta a leste e a oeste. Os principais rios de Santa Catarina são: Canoas, do Peixe, Itajaí-Açu, Pelotas, Peperi-Guaçu, Negro, Uruguai. O estado tem as quatro estações bem definidas. Os verões são quentes, ensolarados. E a região do Planalto Serrano é onde há maior ocorrência de neve no inverno brasileiro.


Bandeira de Santa Catarina

Significado da bandeira: o losango verde representa a vegetação; a águia, a força produtiva de Santa Catarina; o trigo e o café, as lavouras das serras e do litoral; e a chave, a posição estratégica do estado.

A atividade industrial supera o setor de serviços no Produto Interno Bruto (PIB) local; a indústria catarinense responde por 48,6%; os serviços, por 37,6%; e a agropecuária, por 13,8%. A força do estado está baseada na agroindústria, com a presença de empresas como: Bung, Sadia, Seara e Chapecó.
A agropecuária ocupa 70% do território catarinense. No oeste, a criação de suínos e aves impulsiona a agroindústria. O estado é grande produtor de cebola, pinhão, erva-mate e maçã.

Santa Catarina possui a terceira maior reserva de argila cerâmica do Brasil, a segunda maior de fosfatados naturais e de quartzo e a primeira em carvão mineral para siderurgia, de fluorita e de sílex.

O turismo é outro grande responsável pela economia catarinense. As praias ao longo de 561 quilômetros de costa são um dos destinos preferidos dos turistas que visitam o estado. A capital, Florianópolis, é a principal atração, seguida por Garopaba, no litoral sul, e Balneário Camboriú, ao norte. São Joaquim, Urupema e Urubici atraem turistas pela ocorrência de neve.

Santa Catarina tem uma taxa de mortalidade infantil de 15 óbitos a cada mil nascidos vivos, apresenta o terceiro maior índice de alfabetização do país - 95,1%, atrás apenas do Distrito Federal e do Amapá.

Assuntos Relacionados