Sereno

Sereno, orvalho ou rocio é um fenômeno físico no qual a água presente no ar se condensa na forma de gotas, ou seja, é o processo inverso da evaporação. Como sabemos, a capacidade de retenção de vapor d’água depende diretamente da temperatura do ar. Desta forma, na medida em que sua temperatura aumenta, a capacidade de incorporação do vapor cresce. Com uma temperatura de 30ºC, por exemplo, o ar pode conter um máximo de 27 g de vapor/kg; já a 0ºC, esse número cai para 4 g de vapor/kg.

Ao anoitecer, ocorre o esfriamento do solo e da camada de ar adjacente. Assim, a capacidade de retenção de água diminui e grande parte do vapor fica no meio da "viagem". Tecnicamente, sereno e orvalho são a mesma coisa, entretanto, na prática, costumamos dizer que sereno é a ligeira camada de vapor de água que paira sobre a atmosfera durante a noite; e orvalho, as gotículas de vapor que se depositam à superfície de objetos e da vegetação.

O sereno tende a se formar em noites claras, de céu limpo (mínimo "efeito estufa") e calmo (sem convecção), uma vez que nestas condições, as superfícies emitem mais radiação que recebem da atmosfera. Quando o ar se torna mais frio que o ponto de congelamento, ocorrem as geadas, que da mesma forma que o sereno, não “caem” do céu da mesma forma que a chuva.

Chamamos de ponto de orvalho, a temperatura pela qual o ar deve ser resfriado, com pressão constante, para atingir a saturação. O ponto de orvalho também pode ser usado pelos meteorologistas para estimar a temperatura mínima da manhã seguinte.
Orvalho
Orvalho
Publicado por: Tiago Dantas

Assuntos Relacionados