Você está aqui
  1. Mundo Educação
  2. Gramática
  3. Classe de palavras
  4. Preposição
  5. A recorrência de fatos linguísticos com base nas locuções prepositivas

A recorrência de fatos linguísticos com base nas locuções prepositivas

Por certo uma infinidade de expressões, proferidas tanto na oralidade quanto na escrita, já nos é familiar, não é verdade? O fato é que, quando submetidas à aprovação, verificamos que algumas acabam por transgredir o padrão formal da linguagem.
Para termos ciência de sua recorrência, basta lembrarmo-nos das muitas vezes que ouvimos algo do tipo:

Imóveis representam um investimento a longo prazo.

A nível de conhecimento, esses alunos demonstram-se mais eficazes que os outros.

À medida em que foram saindo, os convidados recebiam as lembrancinhas do evento.


Mediante tais postulados, constatamos alguns “desvios” relacionados à construção do discurso, carecendo, portanto, de uma reformulação. Os desvios, por sua vez, manifestam-se pelo emprego inadequado da preposição. Assim sendo, tal reformulação evidencia-se da seguinte forma:

Imóveis representam um investimento em longo prazo.

Em nível de conhecimento, esses alunos demonstram-se mais eficazes que os outros.

Na medida em que foram saindo, os convidados recebiam as lembrancinhas do evento.


Não só essas manifestações ilustram a ocorrência em questão, mas também outras tantas – relacionadas às locuções prepositivas. Dessa forma, de modo a constatá-las, verifiquemos os casos descritos abaixo, tendo em vista as situações amplamente recorrentes, seguidas das respectivas circunstâncias de adequação:


 

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)
Publicado por: Vânia Maria do Nascimento Duarte

Assuntos Relacionados