Você está aqui
  1. Mundo Educação
  2. Gramática
  3. Ortografia
  4. Acentuação gráfica

Acentuação gráfica

De modo “FORTUÍTO” (ou seria FORTUITO?), deparamos com algumas circunstâncias que parecem únicas, tamanha é a representatividade delas. Esta que agora você compartilha, por que não?  Ora, uma seção que em tempo “RÉCORDE” (ou seria RECORDE?), irá proporcionar a você a oportunidade de se inteirar acerca dos postulados que norteiam as chamadas regras de acentuação.

Falando nelas, pode até ser que você nem tenha percebido, mas neste parágrafo introdutório houve algumas ocorrências relacionadas ao fato de determinadas palavras encontrarem-se em evidência, ou seja, demarcadas em maiúsculo. Intencional? Sim, pois anunciam acerca de questões cuja relevância torna-se indiscutível, abrangendo o assunto sobre o qual a seção irá tratar. Analisando-as de acordo com a modalidade oral, torna-se evidente o fato de que o modo como são pronunciadas faz toda a diferença. Ou seja, no primeiro exemplo, trata-se de um ditongo ou de hiato?

Não menos importante, aparece a modalidade escrita da linguagem, na qual a demarcação da tonicidade se dá de modo real. Assim, quais das duas formas estariam corretas?   Não menos relevante, entra em cena a segunda palavra, induzindo-nos a questionar acerca da classificação quanto à posição da sílaba tônica, ou seja, seria essa palavra uma proparoxítona ou uma paroxítona? Constatações ao longo das informações que você terá inteiramente a seu dispor, o fato é que não somente em se tratando da escrita, tida como uma modalidade formal de interlocução, mas também no que diz respeito à oralidade, torna-se fundamental que estejamos conscientes de todos os pressupostos inerentes a esta ocorrência linguística de importância ímpar: a acentuação gráfica.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Conhecê-la é, pois, um convite todo especial que fazemos a você que, a partir de agora, pode contar com este espaço, totalmente reservado ao seu conhecimento!


Por Vânia Duarte
Graduada em Letras

Conhecimentos acerca da acentuação gráfica são aplicáveis tanto na modalidade oral quanto na escrita
Conhecimentos acerca da acentuação gráfica são aplicáveis tanto na modalidade oral quanto na escrita
Publicado por: Vânia Maria do Nascimento Duarte
Assista às nossas videoaulas

Artigos de "Acentuação gráfica"