Advérbios interrogativos

A cada instante que paramos para pensar, descobrimos mais e mais o quanto os estudos que fazemos da língua portuguesa se materializam diante do aspecto funcional da língua. Assim, os advérbios, que representam uma das dez classes gramaticais, são um exemplo claro disso. Eles, semelhantemente às demais classes, integram nossos pensamentos, ideias e opiniões e se tornam concretos ao formularmos nossos discursos, retratando, dessa forma, a função específica que a elas é atribuída – a de indicar as circunstâncias expressas por um determinado verbo.

Muitas então são elas, divergindo-se entre causa, intensidade, negação, afirmação, lugar, tempo, entre outras. Nesse sentido, sobretudo atendendo aos propósitos que aqui firmamos – o de levar até você o conhecimento necessário acerca dos aspectos que norteiam a língua, retratamos um breve conceito que se aplica aos advérbios, contudo, desejamos aprofundar um pouco mais essa nossa discussão, fazendo-o(a)  conhecer os advérbios interrogativos, que também compõe uma das muitas particularidades dessa classe. O próprio título, talvez, já lhe traz alguns indícios acerca do que seja tal ocorrência, haja vista que “interrogativos” diz respeito à indagação, a uma pergunta, sim?

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Pois bem, exatamente pautados nesse aspecto, eles expressam sim, interrogações, sendo elas manifestadas sob a forma direta ou sob a forma indireta. Com base nessa premissa, analisemo-los de forma particular:

Onde – Tal advérbio expressa uma noção de lugar: 
Alunos, onde se encontra o material de pesquisa?
Alunos, gostaríamos de saber onde se encontra o material de pesquisa.

Como – Esse, por sua vez, expressa uma ideia de modo:
Como foram as férias?
Contem-me como foram as férias.

Quando – Expressa, sem nenhuma dúvida, uma ideia relacionada a tempo:
Quando irão visitar a Bienal do Livro?
Desejamos saber quando irão visitar a Bienal do Livro.

Por que – O advérbio em questão denota uma noção referente à causa:
Por que não compareceram à aula?
Queremos saber por que não compareceram à aula.

Classificam-se como advérbios interrogativos aqueles que expressam uma indagação, retratada de forma direta ou indireta
Classificam-se como advérbios interrogativos aqueles que expressam uma indagação, retratada de forma direta ou indireta
Publicado por: Vânia Maria do Nascimento Duarte

Assuntos Relacionados