Você está aqui
  1. Mundo Educação
  2. Gramática
  3. Fonologia
  4. As articulações da língua

As articulações da língua

A língua representa um conjunto de signos mediados por um sistema convencional, pertencente a um grupo de indivíduos. Logo, é preciso entender o processo que ocorre mediante a materialização das palavras utilizadas para construir discursos e, assim, expor pensamentos e opiniões.

Ao pronunciarmos as palavras, utilizamos duas combinações: uma diz respeito aos sons que elas representam – fazendo referência ao significante; e outra diz respeito à ideia associada a elas – denominada significado. Dessa forma, cabe ressaltar que a primeira articulação se refere a uma combinação lógica que há entre esses signos: os vocábulos, as frases, depois as orações e em seguida os textos. A título de tornar ainda mais claro o que afirmamos, observe:

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Cinema vou ao hoje. Combinando os elementos da oração, obteríamos:

Vou hoje ao cinema.

Tal relacionamento, realizado de modo correto, resulta na primeira articulação, da qual falamos.

A segunda articulação da língua diz respeito à combinação de fonemas dentro de cada signo linguístico, formado pelo significante e pelo significado. Dessa forma, vejamos:

/r/a/t/o/
/g/a/t/o
/f/a/t/o
/p/a/t/a
/b/a/t/a

Notamos que a distinção de significado que há entre as palavras que nos serviram de exemplo se dá mediante as distintas unidades fônicas – ora denominadas fonemas.

Mediante tais elucidações, chegamos à conclusão que quando há a combinação entre os signos temos a primeira articulação da língua, e quando há a combinação entre fonemas há a segunda articulação dessa.

Publicado por: Vânia Maria do Nascimento Duarte
As articulações da língua dizem respeito à combinação existente entre os signos e os sons que há entre as palavras
As articulações da língua dizem respeito à combinação existente entre os signos e os sons que há entre as palavras

Assuntos Relacionados