Você está aqui
  1. Mundo Educação
  2. Gramática
  3. Classe de palavras
  4. Advérbio
  5. Classificação dos Advérbios

Classificação dos Advérbios

O advérbio é uma classe de palavras que, ao unir-se ao verbo, ao adjetivo ou a outro advérbio, podem modificar-lhe o sentido.

O advérbio é uma classe de palavras modificadoras que podem expressar por si só uma circunstância
O advérbio é uma classe de palavras modificadoras que podem expressar por si só uma circunstância

Observe os termos em destaque nas orações abaixo:

(1) Aqui tudo vai bem.

(2) Ele é muito bom cantor.

(3) Ele canta muito bem.

É possível notar que as palavras em destaque realizam por si só uma modificação no enunciado, não é mesmo? Em (1), as palavras “aqui” e “bem expressam uma circunstância de lugar e modo, respectivamente. Já em (2) e (3), pode-se notar que a palavra “muito” age como um intensificador do adjetivo “bom” e do advérbio “bem”. Assim, esse tipo de palavra é chamado de advérbio em língua portuguesa, ou seja, o advérbio é a palavra que modifica o verbo, o adjetivo ou outro advérbio.

É importante ressaltar que:

1) ao unirem-se a verbos, os advérbios exprimem a circunstância em que se desenvolve o processo verbal:

Exemplo:

Elas caminhavam calmamente.

2) ao unirem-se a adjetivos, os advérbios intensificam a qualidade expressa por eles:

Exemplo:

Ela sempre escolhia o batom mais cintilante.

3) os advérbios de intensidade podem reforçar o sentido de um outro advérbio:

Exemplo:

O doente passou a noite bem, muito bem.

4) os advérbios podem modificar toda a oração:

Exemplo:

Dificilmente teremos um feriado chuvoso.

Por sua especificidade semântica, os advérbios recebem diferentes classificações em razão das circunstâncias ou outra ideia acessória que expressam. Dessa forma, eles podem ser classificados em:
 

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Classificação

Exemplos

Advérbios de afirmação

Sim, certamente, efetivamente, realmente, etc.

Advérbios de dúvida

Acaso, porventura, possivelmente, provavelmente, quiçá, talvez, etc.

Advérbios de intensidade

Assaz, bastante, bem, demais, mais, menos, muito, pouco, quanto, quão, quase, tanto, tão, etc.

Advérbios de lugar

Abaixo, acima, adiante, aí, além, ali, aquém, aqui, atrás, através, cá, defronte, dentro, detrás, fora, junto, lá, longe, onde, perto, etc.

Advérbios de modo

Assim, bem, debalde, depressa, devagar, mal, melhor, pior; e quase todos terminados em -mente: fielmente, levemente, etc.

Advérbios de negação

Não, tampouco (=também não)

Advérbios de tempo

Agora, ainda, amanhã, anteontem, antes, breve, cedo, depois, então, hoje, já, jamais, logo, nunca, ontem, outrora, sempre, tarde, etc.


Além do aspecto semântico, é possível classificar os advérbios por critérios funcionais. Assim, eles podem ser:
 

Classificação

Exemplos

Advérbios demonstrativos

Aqui, então, agora, aí, etc.

Advérbios relativos

Onde, como, quando, etc.

Advérbios interrogativos

Quando?, onde?, como?

Assista às nossas videoaulas

Assuntos Relacionados