Você está aqui
  1. Mundo Educação
  2. Gramática
  3. Classe de palavras
  4. Classificações do sintagma

Classificações do sintagma

As classificações do sintagma são demarcadas pelo sintagma nominal, verbal, adjetivo, adverbial e preposicional
As classificações do sintagma são demarcadas pelo sintagma nominal, verbal, adjetivo, adverbial e preposicional

Para compreendermos as classificações do sintagma, devemos, antes, entender o conceito de “sintagma”. Sendo assim, ele se define pelos elementos que, inseridos na oração, constituem uma unidade significativa, mantendo entre si relações de dependência e de ordem, uma vez organizados em torno de um elemento fundamental denominado núcleo. Analisemos, pois, o seguinte enunciado:

Os garotos estão eufóricos.

Temos o sintagma nominal, formado pelo grupo de palavras que formam o sujeito: os garotos, cujo núcleo, a palavra principal, é garotos – determinando, assim, o núcleo do sintagma nominal. 

Temos também o sintagma verbal, constituído pelo predicado, o qual se forma pelas palavras que o acompanham: estão eufóricos, cujo núcleo é o próprio verbo, estão

Depreendemos, portanto, a existência de dois sintagmas básicos: o nominal, formado pelo sujeito; e o verbal, constituído pelo predicado. Contudo, há também o sintagma adverbial, o adjetivo e o preposicional. Assim, partindo desse princípio, vejamos cada um deles:

Sintagma nominal 

É constituído de um nome e de seus respectivos determinantes. Geralmente é representado pelo sujeito e pelos complementos verbais da oração. Observemos um exemplo:

Os garotos gostaram do passeio

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Notamos que a oração compreende dois sintagmas, um formado pelo sujeito – os garotos, cujo núcleo é garotos; e outro formado pelo objeto indireto – do passeio, no qual o núcleo é representado pelo vocábulo “passeio”.

Sintagma verbal

Como dito anteriormente, o sintagma verbal se constitui do predicado, no qual o núcleo é o próprio verbo. Observemos, pois:

O desfile começou.

Temos o sujeito = o desfile, e o predicado = começou, representando o sintagma em questão.

Sintagma adjetivo

Constitui-se do complemento nominal e seus respectivos advérbios modificadores e pelo predicativo, introduzido pelo verbo de ligação. Vejamos:

A garota é bela.

Temos o sujeito = a garota, e o predicado = é bela, cujo sintagma adjetivo é formado pelo predicativo do sujeito = bela.

Sintagma adverbial

Constitui-se dos advérbios e seus respectivos modificadores. Constatemos:

Não me esquecerei de você.

Temos que o advérbio de negação representa o sintagma adverbial.

Sintagma preposicional

É formado pela locução prepositiva, podendo servir de modificador de qualquer outro sintagma. Vejamos:

Somos culpados pelo fracasso dos candidatos.

Temos que o termo “pelo fracasso dos candidatos”, por ser constituído de uma preposição “por”, representa o sintagma em evidência.

Assuntos Relacionados