Determinante

Mediante os estudos dos fatos que norteiam a língua, deparamo-nos, não raras as vezes, com algumas terminologias um tanto quanto incompreensíveis – o que torna ainda mais difícil nosso aprendizado. O termo “determinante”, no entanto, não deve soar para você como algo assim tão inédito, dada a recorrência desse em muitos postulados didáticos.

No entanto, ainda que recorrente, no que tange ao significado ele é um fato novo e, como tal, é necessário à nossa compreensão. Em face dessa realidade, o objetivo a que se presta o artigo em questão é elucidar algumas características que norteiam o termo antes mencionado – determinante. Assim, precisamos fazer uma retomada de conhecimentos antes vistos, sobretudo no que se refere ao adjunto adnominal, que pode ser acessado por meio do texto “Adjunto adnominal e Complemento nominal”.

Considerações atestadas, cumpre afirmar que o determinante se caracteriza pelo termo que acompanha o substantivo, sendo esse (o substantivo) definido por “nome”. Assim, dito em outras palavras, afirmamos que o determinante acompanha o nome. Dessa forma, ilustraremos as ocorrências linguísticas por meio de exemplos. Veja:

O garoto se encontrava radiante.

Aquele garoto se encontrava radiante.

Muitos garotos se encontravam radiantes.

Quatro garotos se encontravam radiantes.


Os termos em destaque nos enunciados se caracterizam, respectivamente, por artigo, pronome demonstrativo, pronome indefinido e numeral cardinal.

Portanto, a conclusão a que chegamos se refere ao fato de que o determinante pode ser representado por essas classes que se fizeram evidentes nos enunciados em questão.  

Quando não se constata a presença de um determinante antes de um nome, ele se encontra em elipse, isto é, subentendido. Vejamos, pois, um exemplo:

Garotos se encontravam radiantes.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Além disso, os pronomes indefinidos substantivos assumem o papel de “nome” – razão pela qual não se constituem de nenhum determinante. Como exemplo, podemos citar:

Ninguém compareceu à reunião.

O sujeito aqui é representado pelo pronome indefinido substantivo “ninguém”.

Publicado por: Vânia Maria do Nascimento Duarte
O determinante é representado por alguns termos que compõem o adjunto adnominal
O determinante é representado por alguns termos que compõem o adjunto adnominal

Assuntos Relacionados