Você está aqui
  1. Mundo Educação
  2. Gramática
  3. Dúvidas de vocabulário

Dúvidas de vocabulário

Publicado por: Vânia Maria do Nascimento Duarte em Gramática
As dúvidas de vocabulário representam fato recorrente na vida dos usuários da língua
As dúvidas de vocabulário representam fato recorrente na vida dos usuários da língua

Que atire a primeira pedra quem nunca se sentiu atordoado por eventuais “dúvidas de vocabulário”. Situação bastante simples, haja vista que somos eternos aprendizes e que nossa língua, apesar de rica e bela, é também um pouco complexa.

Assim, partindo desse princípio, ocupemo-nos em estabelecer familiaridade com algumas situações linguísticas, porventura alvo de questionamentos. Vamos a elas:

A PÉ/ EM PÉ/ DE PÉ...

Ele anda a pé = deslocar-se para um determinado local sem qualquer tipo de veículo.

Nossa proposta ainda está de pé? = continuar, firmar, subsistir, manter-se.

Dar aulas em pé = encontrar-se ereto sobre os próprios pés, abnegando-se de estar deitado ou sentado. Nesse contexto também se aplica a expressão “de pé”.

A FAVOR / EM FAVOR...

As duas expressões são corretas, mas seu uso dependerá do termo que as antecede. Vejamos os exemplos:

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Não se mostrou nem contra nem a favor.

Todos os esforços se deram em favor de sua vitória.

A TEMPO / EM TEMPO...

Semelhantemente ao caso anterior, ambas as expressões são aplicáveis sem que nenhum prejuízo seja causado ao padrão formal da linguagem. No entanto, a mais usual é “a tempo”. Analisemos o exemplo:

Chegamos a tempo do início das festividades.

DIUTURNO / DIURNO...

O trabalho diuturno daquela auxiliar de enfermagem fê-la doente. (diuturno, nesse caso, faz referência a um trabalho contínuo, de longa duração).

Era diurno o expediente de trabalho. (aqui se refere a algo realizado durante o dia, o contrário de noturno).


Por Vânia Duarte
Graduada em Letras

Artigos de "Dúvidas de vocabulário"