Você está aqui
  1. Mundo Educação
  2. Gramática
  3. Classe de palavras
  4. Pronomes
  5. Funções sintáticas dos pronomes retos

Funções sintáticas dos pronomes retos

As funções sintáticas desempenhadas pelos pronomes retos se manifestam de formas distintas
As funções sintáticas desempenhadas pelos pronomes retos se manifestam de formas distintas

Sempre quando nos dedicamos ao estudo dos fatos linguísticos, torna-se louvável retomarmos alguns conceitos, no intuito de fazermos as correlações existentes entre as características que neles se manifestam. Nesse sentido, cabe-nos ressaltar que os pronomes pessoais do caso reto são demarcados por: EU, TU, ELE/ELA, NÓS, VÓS, ELES/ELAS.

Outro aspecto, também de notória relevância, reside no fato de que na Língua Portuguesa predominam aspectos relacionados à morfologia e à sintaxe – partes que se ocupam do estudo de uma determinada palavra no tocante à classe gramatical que ela representa, e do estudo das funções desempenhadas por essa mesma palavra em se tratando de um dado contexto oracional, respectivamente.

Dessa forma, os exemplos representados anteriormente, de acordo com a morfologia, ocupam a classe dos pronomes. Mas e em se tratando da sintaxe, será que podem ocupar funções distintas? É o que veremos a partir de agora:

* Sujeito:

Nós éramos amigos.

Eu obtive um bom resultado na apresentação.

Eles chegaram atrasados.



*Predicativo do sujeito:

Os culpados éramos nós.

O professor sou eu.

O vencedor é ele.



*Vocativo:

Ó vós, que sempre me ouvis, atenda ao meu clamor.

Ó tu, que sempre me acalentas, onde estás?


Por Vânia Duarte
Graduada em Letras

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)
Artigo relacionado
Teste agora seus conhecimentos com os exercícios deste texto

Assuntos Relacionados