Interjeição

Interjeição... Será ela uma das dez classes gramaticais? Em se tratando do aspecto funcional da língua, qual seria a função desempenhada pela interjeição? Caro usuário, questionamentos como esses tendem a rondar o cotidiano de muitos usuários da língua, dada a condição de ela (a língua que falamos) se conceber um tanto quanto complexa, sem dúvida.

Pois bem, desejamos por meio deste espaço proporcionar a você meios, subsídios suficientes para que possa, ao final de tudo, sanar não somente essas questões, mas também distintas outras dúvidas relacionadas à interjeição. Dessa forma, um fato parece se apresentar como relevante: as classes gramaticais, todas elas, sem exceção, coparticipam da formação do nosso pensamento e, consequentemente, da materialização do nosso discurso.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Partindo desse princípio, cabe ressaltar que a interjeição, retratada aqui de modo específico, caracteriza-se como aquela palavra responsável por expressar, de forma instantânea, emoções,  sentimentos e demais reações psicológicas advindas do emissor. Assim dizendo, tais sentimentos podem resultar em diversas intenções: admiração, espanto, pedido de silêncio,  desejo, chamamento, entre outras.

Dadas essas condições linguísticas, convidamo-lo(a) para se interagir melhor acerca dos pressupostos firmados nesta subseção, com vistas a descobrir mais acerca das tantas particularidades que nosso idioma proporciona a todos nós. Aproveite e tenha um excelente estudo!!!

Publicado por: Vânia Maria do Nascimento Duarte
A interjeição é a palavra responsável por expressar sentimentos diversos por parte de quem profere algo
A interjeição é a palavra responsável por expressar sentimentos diversos por parte de quem profere algo
Assista às nossas videoaulas

Artigos de "Interjeição"