Você está aqui
  1. Mundo Educação
  2. Gramática
  3. Classe de palavras
  4. Advérbio
  5. Mais bem ou melhor? Mais mal ou pior?

Mais bem ou melhor? Mais mal ou pior?

A presença de formas nominais do verbo influencia o uso dos advérbios nas expressões “mais bem”, “melhor”, “mais mal” e “pior”.

A presença do particípio é determinante no uso da expressão correta. Saiba mais no texto!
A presença do particípio é determinante no uso da expressão correta. Saiba mais no texto!

Leia as orações a seguir e tente completá-las com a expressão mais adequada:

1) Eles estavam ________________ preparados para o teste.

(  ) melhor
(  ) mais bem

2) Meu projeto está ________________ planejado do que o seu.

(  ) pior
(  ) mais mal

As alternativas que completam adequadamente as orações são “mais bem” e “mais mal”. Então, acertou? Sabe o porquê dessa resposta? Trata-se da presença do particípio nas orações. A gramática normativa recomenda que, antes dessa forma nominal do verbo, deve-se utilizar “mais bem” e “mais mal”. Sendo assim, vamos analisar o uso desses pares de palavras:

Melhor x Mais bem:

Os meninos prepararam-se melhor do que as meninas.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Os meninos estavam mais bem preparados do que as meninas.

Em ambos os casos, há a construção do grau comparativo do advérbio “bem”, que possui uma forma sintética (melhor) e que, na associação com particípios com função adjetiva, a comparação deve ser construída fazendo o uso da forma “mais bem”.

Pior x mais mal:

Ricardo escreveu pior a redação do que toda a turma.

A redação de Ricardo foi a mais mal escrita da turma.

Mais uma vez, o uso das expressões está adequado, segundo a gramática normativa. O advérbio “mal” também possui a forma sintética do comparativo (pior) e, na presença de particípios adjetivos, recomenda-se o uso de “mais mal”.

Artigo relacionado
Teste agora seus conhecimentos com os exercícios deste texto

Assuntos Relacionados