Você está aqui
  1. Mundo Educação
  2. Gramática
  3. Ortografia
  4. Acentuação gráfica
  5. O plural de algumas paroxítonas – marcas linguísticas

O plural de algumas paroxítonas – marcas linguísticas

À medida que estabelecemos familiaridade com os aspectos relacionados aos fatos linguísticos, vamos descobrindo que eles se constituem de inúmeras particularidades. Aspectos estes que certamente influenciam de forma positiva na quebra do estigma atribuído à Língua Portuguesa, mediante suas tantas regras e suas possíveis exceções.

E para falar sobre tais particularidades, enfatizaremos acerca de uma que se relaciona ao caso de algumas palavras paroxítonas, visto que são acentuadas no singular, e quando expressas no plural, perdem o acento. Figurando-se dentre esta modalidade, citamos aquelas terminadas em “n”, permanecendo inalteradas com a implantação da Nova Reforma Ortográfica. Representando-as, temos: alúmen, hífen, líquen, pólen, entre outras.

Contudo, atendo-nos às já expressas exceções, temos que as paroxítonas terminadas em “-ens” não levam acento, como é o caso dos plurais referentes a “homens”, “nuvens”, “jovens”, etc. Em decorrência deste pressuposto não se acentuam os vocábulos ora em evidência:


E acredite, ainda há que se mencionar acerca de mais um fato bastante curioso - alguns destes vocábulos, entretanto, possuem formas paralelas, tanto no singular quanto no plural. Confira:



Por Vânia Duarte
Graduada em Letras
Equipe Mundo Educação

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)
Publicado por: Vânia Maria do Nascimento Duarte

Assuntos Relacionados