Você está aqui
  1. Mundo Educação
  2. Gramática
  3. Sintaxe
  4. Objeto indireto

Objeto indireto

O objeto indireto é um termo integrante da oração que completa o sentido de um verbo transitivo indireto.

O objeto indireto integra o sentido de verbos transitivos indiretos
O objeto indireto integra o sentido de verbos transitivos indiretos

Observe os termos em destaque na seguinte oração:

Preciso de um sapato novo.

Você consegue perceber que esses termos complementam o sentido de outro na oração? Qual termo é complementado? Se retirarmos o que está destacado, observe o que ocorre:

Preciso… (de quê?)

Perceba que somos levados a questionar o verbo sobre mais informações que lhe complementem o sentido. A esse tipo de verbo, que necessita de complementos, damos o nome de verbos transitivos. Além disso, perceba a presença da preposição entre o verbo e seu complemento:

Preciso de um sapato novo.

Quando um verbo liga-se ao seu complemento, por meio de uma preposição, dizemos que ele é transitivo indireto e que o termo que o completa é um objeto indireto. Dessa maneira, definimos que:

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

⇒ Objeto indireto é o complemento verbal que se liga a um verbo transitivo indireto por meio de uma preposição. Pode ser representado por:

a) Substantivo:

Preciso de um sapato novo.

b) Pronome (substantivo):

O diretor dialogava com eles.

c) Numeral:

O cão pertencia aos dois.

d) Oração:

Esquecia-me de que era seu aniversário.

Atenção! Algumas vezes, o objeto indireto pode vir representado na oração por pronomes oblíquos átonos me, te, lhe, nos, vos, lhes ou pelo pronome reflexivo se. Nesses casos, ele não será precedido de preposição. Veja:

MPB me agrada mais do que música sertaneja.

Artigo relacionado
Teste agora seus conhecimentos com os exercícios deste texto

Assuntos Relacionados