Quisesse ou queresse?

Quisesse ou queresse? A dúvida envolvendo o verbo querer costuma provocar tropeços linguísticos na fala e na escrita.

Alguns verbos da língua portuguesa costumam despertar dúvidas em relação à conjugação. Por ser uma língua analítica, o português apresenta inúmeras sutilezas e particularidades, sem falar nas temidas exceções às regras. Entre os verbos que comumente têm sua conjugação feita de maneira equivocada pelos falantes, está o verbo querer, que, apesar de ser bastante usual na fala e na escrita, pode provocar alguns tropeços linguísticos.

Entre os tropeços linguísticos está a seguinte dúvida: quisesse ou queresse? Bem, é preciso que fique bem claro que a palavra “queresse” não consta na variedade padrão, ou seja, formalmente ela não existe. Portanto, o correto é quisesse, forma conjugada do verbo querer no pretérito imperfeito do subjuntivo na primeira ou na terceira pessoa do singular. Observe:

Conjugação do verbo querer no pretérito imperfeito do subjuntivo:

Se eu quisesse

Se tu quisesses

Se ele/ela quisesse

Se nós quiséssemos

Se vós quisésseis

Se eles/elas quisessem

Você sabia que a dúvida pode ser justificada através da própria gramática? Pois é, os falantes não criam conjugações ao acaso. As dúvidas costumam ser mais frequentes na conjugação dos verbos irregulares, que é o caso do verbo querer. Como os verbos irregulares não se encaixam nos modelos fixos de conjugação verbal e, portanto, apresentam alterações significativas nos radicais e nas terminações, é normal que os falantes vacilem e até mesmo cometam equívocos influenciados pela conjugação do pretérito imperfeito do indicativo. Na conjugação acima representada, o radical foi alterado de quer- para quis-, destoando assim da conjugação do verbo no pretérito imperfeito do indicativo, por exemplo. Observe:

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Pretérito imperfeito do indicativo

Eu queria

Tu querias

Ele/ela queria

Nós queríamos

Vós queríeis

Eles/elas queriam

Pretérito imperfeito do subjuntivo

Se eu quisesse

Se tu quisesses

Se ele/ela quisesse

Se nós quiséssemos

Se vós quisésseis

Se eles/elas quisessem

Esse tipo de confusão não acontece apenas na conjugação do verbo querer. É normal que ela ocorra também na conjugação de outros verbos irregulares, como mantivesse, detivesse, retivesse, entre outros exemplos, que normalmente são substituídos por mantesse, detesse e retesse. Portanto, fique atento à conjugação dos verbos irregulares no pretérito imperfeito do subjuntivo e cuidado para não errar! Bons estudos!

Os verbos irregulares, como o verbo querer, podem provocar dúvidas linguísticas no que diz respeito à sua correta conjugação
Os verbos irregulares, como o verbo querer, podem provocar dúvidas linguísticas no que diz respeito à sua correta conjugação
Publicado por: Luana Castro Alves Perez

Assuntos Relacionados