Sela ou cela?

O peão colocou a sela no animal e seguiu viagem.
A cela da penitenciária era fria e causava pânico em todos.


Quando nos deparamos com situações semelhantes a estas, e não temos um certo domínio da ortografia, naturalmente fluem as dúvidas.
São palavras que possuem o mesmo som, mas se diferem quanto ao significado.

Baseando-se no exemplo acima, será que a grafia está correta?

A resposta é afirmativa, pois o vocábulo sela - da primeira oração, de acordo com o sentido denotativo, significa: Arreio acolchoado que se coloca no dorso da cavalgadura e sobre o qual monta o cavaleiro.

Já na segunda oração, o vocábulo cela, possui o seguinte significado: Cubículo; Aposento de frades ou freiras nos conventos. Cubículo de condenado nas penitenciárias.

Da mesma forma acontece com as expressões: cessão/ seção; emergir/imergir; emigração/imigração; caçar/cassar; e muitos outros.

Não somente a ortografia, como também a concordância, a regência, o uso coreto dos sinais de pontuação, a acentuação gráfica das palavras, dentre outros, nos causam dúvidas no momento da escrita.

À medida que exercitamos bastante a escrita, travamos certa familiaridade com a leitura, questionamentos como estes vão sendo sanados, sem contar que, nosso vocabulário tende cada vez mais a se aperfeiçoar.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)
Publicado por: Vânia Maria do Nascimento Duarte

Assuntos Relacionados