Você está aqui
  1. Mundo Educação
  2. História Geral
  3. Pré-História
  4. Arte na Pré-História

Arte na Pré-História

“A arte na Pré-História é conhecida, principalmente, pelas pinturas conhecidas como pinturas rupestres. Aqui no Brasil o maior sítio está localizado no Piauí.”

Por arte na Pré-História compreendemos todas as produções artísticas que foram produzidas durante o período conhecido como Pré-História. Dentro da Pré-História existem três períodos conhecidos como Paleolítico, Neolítico e Idade dos Metais. A arte pré-histórica é caracterizada por pinturas rupestres, esculturas, construções megalíticas etc.

A respeito dos três períodos da Pré-História é importante considerar que:

  • Paleolítico se estende de aproximadamente 2,5 milhões de anos atrás até 10.000 a.C.

  • Neolítico se estende de 10.000 a.C. até 5.000 a.C.

  • Idade dos Metais se estende de 5.000 a.C. até 3.500 a.C.

Muitas vezes as pessoas não sabem que a evolução da humanidade, ao longo da Pré-História, não foi uniforme. Isso significa que existiram locais que conheceram os avanços técnicos e civilizacionais primeiro que outros. A opção do nosso texto foi a de utilizar a datação clássica para se referir a cada um desses períodos.

Geralmente, as pessoas têm a ideia de que na Pré-História a única forma de arte desenvolvida foram as pinturas rupestres, mas existiram manifestações artísticas nesse período além das pinturas rupestres. Nesse texto também conheceremos as esculturas e os monumentos megalíticos. Existem diversas explicações para as motivações desses registros artísticos e as duas mais aceitas são:

  • Eram registros realizados com intuito de registrar “a arte pela arte”.

  • Tinham finalidades ritualísticas, com objetivo de criar uma conexão do homem com a natureza.

Apesar dos inúmeros debates a respeito das reais intenções e significados por detrás das obras de arte pré-históricas, o fato é que nunca teremos uma real compreensão de seu significado, podendo, no máximo, nos aproximarmos por meio de teorias. Isso também se dá pelo fato de não existir fontes escritas desse período, exatamente por se tratar de um período anterior ao da escrita.

Acesse também: Conheça um pouco mais sobre as ferramentas utilizadas pelo homem na Pré-História

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Características

  • Arte no Período Paleolítico

Altamira
Pintura rupestre encontrada na Caverna de Altamira, localizada na Espanha.*

Do Período Paleolítico, as pinturas rupestres são o grande destaque, isto é, as gravuras que eram desenhadas nas paredes das cavernas. Acredita-se, de acordo com os especialistas, que as pinturas rupestres tenham surgido por volta de 40 mil anos atrás em grupos humanos que já haviam descoberto o fogo e que utilizavam ferramentas de pedra lascada.

A arte rupestre era produzida se utilizando de materiais como carvão, sangue, flores, terra etc. Segundo a professora Graça Proença, as pinturas rupestres eram uma arte que fazia parte de um processo de magia pelo qual o desenhista era um caçador que acreditava que conseguiria capturar sua presa após desenhá-la na rocha|1|.

Existem registros de pintura rupestre em diferentes partes do mundo. Alguns dos locais mais conhecidos são: Niaux e Lascaux, na França; Altamira, na Espanha; Caverna das Mãos, na Argentina, entre outros. No caso do Brasil, o sítio com pinturas rupestres mais famoso se localiza no Piauí, conforme veremos nesse texto.

Além das pinturas rupestres, o Paleolítico é conhecido por ter sido o berço de esculturas conhecidas como Vênus. Essas estatuetas foram produzidas entre 40.000 a.C. e 10.000 a.C. e representavam um corpo feminino nu com formas bastante volumosas. Entre as formas femininas muito conhecidas dessas estatuetas estão os seios grandes e os quadris largos.

As estatuetas conhecidas como Vênus, segundo opinião corrente entre os especialistas, eram registros humanos relacionados com algum culto associado à fertilidade que estava inserido no culto da Deusa Mãe. A estatueta desse tipo mais conhecida se chama Vênus de Willendorf. Ela possui 25 mil anos de existência e foi encontrada na Áustria.

  • Arte no Período Neolítico

O Período Neolítico é conhecido, sobretudo, por conta dos avanços que aconteceram no estilo de vida do homem em comparação com o Paleolítico. O grande destaque do Neolítico é, obviamente, o processo de sedentarização do homem, resultado do desenvolvimento da agricultura e da domesticação dos animais.

A sedentarização do homem trouxe inúmeras mudanças e permitiu que o homem desenvolvesse novas ferramentas para utilizar no seu cotidiano. O Neolítico também registrou o desenvolvimento de moradias feitas por meio da arquitetura. Destacam-se aqui dois tipos de casas construídas: os nuragues e os dolmens.

O desenvolvimento de habilidades arquitetônicas também foram utilizadas na arte, mais precisamente na construção dos monumentos megalíticos, que eram enormes complexos construídos de grandes rochas. As causas que explicam essas construções eram a necessidade de criar registros homenageando os antepassados, ou poderiam servir como marcação do tempo, ou estavam relacionados com a observação dos astros.

Stonehenge
Stonehenge, na Inglaterra, é a construção megalítica mais conhecida do planeta.**

O exemplo mais conhecido de monumento megalítico que existe é Stonehenge, localizado na Inglaterra. Outro lugar muito conhecido é chamado de Cromeleque dos Almendres, localizado em Portugal. Essas construções estão espalhadas em diversas partes do mundo e podem ser encontradas em países como Irlanda e Turquia, por exemplo.

Além disso, nesse período, as pinturas rupestres continuaram a ser elaboradas, porém com estilo diferentes e outros objetos artísticos, como cerâmicas e estatuetas de metal, também passaram a ser produzidos.

Arte na Pré-História do Brasil

Serra da Capivara
Pintura rupestre encontrada na Serra da Capivara, localizada no estado do Piauí.

No Brasil também existem registros de arte pré-histórica em diversos estados como Minas Gerais, Piauí, Rio Grande do Norte, Goiás etc. Aqui em nosso país, o sítio arqueológico de maior destaque é o localizado na Serra da Capivara, nas proximidades da cidade de São Raimundo Nonato, no estado do Piauí. A Serra da Capivara abriga mais de 100 pinturas rupestres, que retratam cenas variadas.

Acesse também: Conheça a história da civilização que desenvolveu-se no território da atual Nigéria

Resumo

A respeito da arte na Pré-História, destacam-se as seguintes informações:

  • A Pré-História é um período da história humanidade que é dividida em Paleolítico, Neolítico e Idade dos Metais.

  • Do Paleolítico o grande destaque são as pinturas rupestres, as famosas pinturas realizadas nas paredes das cavernas.

  • Os sítios de pintura rupestre mais conhecidos são Lascaux e Niaux, na França, e Altamira, na Espanha.

  • As Vênus eram esculturas produzidas durante o Paleolítico e que possuíam formas de um corpo feminino nu.

  • No Neolítico, as pinturas rupestres prosseguiram sendo feitas, mas com traços diferentes.

  • Com o desenvolvimento da arquitetura, foram desenvolvidas enormes monumentos megalíticos.

  • O monumento megalítico mais conhecido é Stonehenge, localizado na Inglaterra.

  • No Brasil, a Serra da Capivara abriga o maior sítio de pintura rupestre do país.

____________________
|1| PROENÇA, Graça. História da Arte. São Paulo: Ática, 2006, p.11.

*Créditos da imagem: EQRoy e Shutterstock
**Créditos da imagem: Drone Explorer e Shutterstock

Publicado por: Daniel Neves Silva
Pintura rupestre localizada na Rocha de Bhimbetka, Índia.
Pintura rupestre localizada na Rocha de Bhimbetka, Índia.

Assuntos Relacionados