Você está aqui
  1. Mundo Educação
  2. História Geral
  3. Idade Antiga
  4. Roma Antiga
  5. Surgimento de Constantinopla

Surgimento de Constantinopla

A partir do século II d. C., o Império Romano começou a esboçar sua fragilidade decorrente das guerras civis, das disputas internas pelo poder político e das invasões externas de estrangeiros. No presente texto analisaremos os fatores que suscitaram o surgimento da cidade de Constantinopla no século IV d. C.

 No ano de 330, Constantinopla foi construída pelo imperador Constantino. A cidade (atual cidade turca de Istambul) se encontra localizada no estreito de Bósforo, entre o Oriente e o Ocidente, na confluência de importantes rotas comerciais.

Inicialmente, a construção de Constantinopla (pelo imperador Constantino, no ano de 330) e, posteriormente, a divisão do Império em duas partes (executada pelo imperador Teodósio, em 395) tinham como principal objetivo evitar, controlar e manter a preponderância do Império Romano.

A construção de Constantinopla foi realizada no local onde existira a cidade grega de Bizâncio. Constantino, na época, comprometeu-se com o desenvolvimento cultural, artístico e social da cidade. O imperador deslocou pinturas e esculturas de diferentes regiões do mundo para a cidade. Arquivos e documentos da Antiguidade Clássica (Grécia) foram preservados e incorporados às bibliotecas, passando a fazer parte dos seus acervos.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Constantinopla, por se localizar em estratégica rota comercial, ficou conhecida como uma cidade cosmopolita, com influências culturais tanto do Ocidente quanto do Oriente. No século VI d. C., a cidade viveu seu apogeu e sua população chegou a aproximadamente 1 milhão de pessoas.

No ano de 395, tentando controlar a crise, o imperador romano Teodósio dividiu o império em duas partes: o Império Romano do Ocidente, com a capital em Milão; e o Império Romano do Oriente, cuja capital era Constantinopla. Além disso, Teodósio entregou o Império dividido para seus dois filhos: Honório e Arcádio.

Assim, o Império Romano do Ocidente foi governado inicialmente por seu filho Honório; enquanto Arcádio governou o Império Romano do Oriente, cuja capital, Constantinopla, foi erguida para contemplar a nova capital do Império Romano, isto é, para ser a Nova Roma.

Antiga capital do Império Romano do Oriente, Constantinopla (atual Istambul, capital da Turquia)
Antiga capital do Império Romano do Oriente, Constantinopla (atual Istambul, capital da Turquia)
Publicado por: Leandro Carvalho
Artigo relacionado
Teste agora seus conhecimentos com os exercícios deste texto

Assuntos Relacionados