Você está aqui
  1. Mundo Educação
  2. Inglês
  3. Question tags

Question tags

Primeiramente, é muito comum o uso de question tags no nosso dia a dia, já que conversamos com várias pessoas e reagimos de acordo com a situação. Nesse sentido, podemos perguntar algo para confirmar ou iniciar uma conversa, entre outros exemplos. Na língua inglesa, as question tags correspondem à expressão “não é?” |1| ou ainda podem acordar-se com o verbo auxiliar/principal da frase em nossa língua materna, pois são perguntas curtas que posicionamos no final de uma asserção, negativa ou positiva, com objetivos diversos. So, are you ready? Let’s go!

Veja também: Will or going to: diferenças entre as duas formas

Uso das question tags

Para facilitar a aprendizagem das question tags, distribuiremos o seu uso segundo dois possíveis padrões|2|. Lembre-se de que as question tags são posicionadas no final da oração, logo após alguma asserção.

→ Primeiro padrão

Frase positiva – question tag negativa:

  • It’s a very cold day, isn’t it?
    (É um dia muito frio, não é?)

Esse padrão pode ser usado com a expectativa de que o interlocutor concordará com você, talvez até possa continuar a conversa; pode ser usado também para demonstrar surpresa|2|:

  • Yes, I was not ready for it.
    (Sim, eu não estava preparado para isso*.)
    *um dia tão frio.

→ Segundo padrão

Frase negativa – question tag positiva:

  • I haven’t seen my notes, have you?

(Eu não vi minhas anotações, você viu?)

  • No, I’m sorry, but I haven’t.
    (Não, desculpe-me, mas eu não as vi.)

Nesse caso, usamos a question tag para confirmar uma asserção. Pode ser usada também para pedir ou perguntar algo e, até mesmo, para demonstrar alguma desaprovação|2|:

  • You haven’t eaten all cake from the fridge, have you?
    (Você não comeu todo o bolo que estava na geladeira, comeu?)

A pessoa espera que a outra não tenha comido todo o bolo.

Os dois padrões têm o uso parecido, em ambos os casos, busca-se confirmar se determinada informação é verdadeira ou não.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Question tags e os tempos verbais

De maneira geral, as question tags seguem o tempo verbal da frase principal, ou seja, se a frase principal está no passado, a question tag também deve vir no passado. A segunda regra é sobre a presença do verbo auxiliar, pois, se tem algum na frase principal, a question tag será formada somente pelo verbo auxiliar. No entanto, se a frase principal for constituída por um tempo verbal simples, deve-se utilizar na question tag o verbo auxiliar do correspondente ao tempo verbal. Veja alguns exemplos:

  • No simple present, utilizando o auxiliar does:

She lives in Italy, doesn’t she?
(Ela mora na Itália, não mora?)

He isn’t at home, is he?
(Ele não está em casa, está?)

  • Present continuous, utilizando o verbo auxiliar be:

They are dancing, aren’t they?
(Eles estão dançando, não estão?)

  • Simple past, utilizando o auxiliar did:

They came to work, didn’t they?
(Eles vieram para o trabalho, não vieram?)

  • Past continuous, utilizando o auxiliar be:

He wasn’t cooking, was he?
(Ele não estava cozinhando, estava?)

  • Present perfect, utilizando o auxiliar have:

Joey has bought you a gift, hasn’t he?
(Joey comprou para você um presente, não comprou?)

  • Past perfect, utilizando o auxiliar had:

I had finished the book, hadn’t I?
(Eu tinha terminado o livro, não tinha?)

  • Simple future, utilizando o auxiliar will:

She will arrive soon, won’t she?
(Ela chegará logo, não chegará?)

Acesse também: Professions: vocabulário e formação das palavras

Casos especiais de question tag

O primeiro caso especial diz respeito aos verbos modais. Quando temos uma frase principal que contenha algum verbo modal (can, could, would, must etc.), a question tag deve ser formada pelo mesmo verbo modal:

  • He can sing, can’t he?
    (Ele consegue cantar, não consegue?)

  • She wouldn’t arrive late, would she?
    (Ela não chegaria atrasada, chegaria?)

  • I must do my homework, mustn’t I?
    (Eu devo fazer minha tarefa de casa, não devo?)

O segundo caso especial remete-nos às orações na primeira pessoa do singular com o verbo to be no presente: I am. Nesse caso, deve-se usar na question tag: aren’t I?

  • I am late, aren’t I?
    (Eu estou atrasado, não estou?)

  • I am very organized, aren’t I?
    (Eu sou muito organizada, não sou?)

Por último, não se esqueça de que a question tag será o oposto da frase principal, isto é, se o verbo principal estiver na afirmativa, a question tag estará na negativa, se o verbo principal estiver na forma negativa, a question tag estará na forma afirmativa.

Da afirmativa para a negativa:

  • We love eating pizza, don’t we?
    (Nós amamos comer pizza, não amamos?)

Da negativa para a afirmativa:

  • You don’t like working out, do you?
    (Você não gosta de malhar, gosta?)

As question tags são perguntas curtas posicionadas no final da oração.
As question tags são perguntas curtas posicionadas no final da oração.

Saiba também: Used to – verbo modal responsável por indicar hábitos passados

Exercícios resolvidos

Questão 1 (Uniceub 2014)

Choose the correct tag to finish the sentence.

“Yes. Probably we should. Did you take the number of the cab?"

“No. You didn't notice it, ...................... ?"

(Extracted from The necklace, by Guy de Maupassant.)

a) did you

b) didn't I

c) do you

d) do I

e) didn't you

Solução

Alternativa a, porque a frase principal está na negativa e no passado simples, logo, a question tag deve vir na forma afirmativa e no passado simples.

Questão 2 (FGV 2016)

In paragraph 2, when the author writes, “Sounds nice, doesn’t it?”, she is most likely

  1. lamenting the fact that Valentine’s Day has become so distorted over the years.

  2. complaining that Valentine’s Day is not doing enough to promote real equality between men and women.

  3. admitting sadly that she too once believed that Valentine’s Day is a good thing for women.

  4. doing her best to hide her true feelings about Valentine’s Day.

  5. making an ironic comment that expresses the opposite of what she really believes about Valentine’s Day.

Solução

Alternativa e, porque a autora não acredita que Valentine’s Day seja um dia romântico, mas o que ela chama de “sexismo benevolente”, por isso a question tag expressa, na verdade, uma desaprovação.

Notas

|1| MURPHY, R. Essential grammar in use. Martins Fontes: São Paulo, 2003.

|2| EASTWOOD, J. Oxford guide to English grammar. Oxford, 2002. 

Publicado por: Patricia Veronica Moreira
Assista às nossas videoaulas

Assuntos Relacionados