Você está aqui
  1. Mundo Educação
  2. Italiano
  3. Scoprendo il Modo Imperativo

Scoprendo il Modo Imperativo

Por motivos de estudo, considerar-se-á que o modo imperativo no italiano possui somente um tempo verbal, o presente, e duas pessoas, a 1ª do singular e a 2ª do plural.

Discorrere sul modo imperativo può sembrare facile per essere un tema semplice senza complicazione da capire, però si rende interessante sapere che questo modo ha singole caratteristiche che saranno presentate al presente testo attraverso esempi e spiegazioni. Buona lettura! / Discorrer sobre o modo imperativo pode parecer fácil por ser um tema simples sem complicação para entender, porém, faz-se interessante saber que esse modo possui características únicas que serão apresentadas no presente texto através de exemplos e explicações. Boa leitura!

  • A che serve l’imperativo / Para que serve o imperativo

L’imperativo è un modo verbale che serve a manifestare un comando, ordine, una richiesta oppure un divieto. E per formare un concetto più ampio vale la pena osservare cos’informa il dizionario. Vedi! / O imperativo é um modo verbal que serve para manifestar um comando, uma ordem, um pedido ou uma proibição. Para formar um conceito mais amplo, vale a pena observar o que informa o dicionário. Veja!

“(...) modo imperativo n. (gramm.) modo verbale che esprime comando o anche consiglio, invito, preghiera ecc.; ha solo un tempo, il presente, e due persone, la seconda singolare e la seconda plurale (p.e. va’, andate).” / ‘(...) modo imperativo: modo verbal que exprime comando ou mesmo conselho, convite, pedido etc.; possui somente um tempo verbal, o presente, e duas pessoas, a segunda do singular e a segunda do plural (por exemplo: vá, ide).'

© 2012, DeAgostini Scuola SpA - Garzanti Linguistica

  • Le polemiche trovate al modo imperativo / As polêmicas encontradas no modo imperativo

Rispetto al modo imperativo si deve dire che ci sono almeno due principali polemiche: / Com relação ao modo imperativo, deve-se dizer que existem duas principais polêmicas:

  • la quantità di tempi esistenti al modo stesso; / a quantidade de tempos existentes no modo;
  • la quantità di persone. / a quantidade de pessoas.
  • Alcuni autori (p.e. Dardano & Trifone 2003: 357) considerano che il modo imperativo ha due tempi – il presente e il futuro, tesi molto discussa già che altri autori (p.e. Katarinov & Katarinv 1999: 289 e Cimaglia www.treccani.it 2010) considerano che lo stesso modo ha soltanto un tempo verbale: il presente. Allora, per motivi di studio, sembra interessante seguire a quest’articolo la tesi più diffusa: quella che il modo imperativo ha soltanto un tempo. / Alguns autores (por exemplo: Dardano & Trifone 2003: 357) consideram que o modo imperativo possui dois tempos – o presente e o futuro, tese muito discutida, já que outros autores (por exemplo: Katarinov & Katarinov 1999: 289 e Cimaglia www.treccani.it 2010) consideram que o mesmo modo possui somente um tempo verbal: o presente. Assim, por motivos de estudo, parece interessante seguir, neste artigo, a tese mais difundida: aquela que o modo imperativo possui somente um tempo.
  • Molti grammatici considerano che il modo imperativo ha cinque persone, anche se il dizionario alla voce sull’imperativo informa differentemente. Secondo vari altri gammatici è soltanto possibile considerare appena due persone (la seconda singolare e la seconda plurale) come si legge alla voce imperativo del dizionario già che le altre persone seguono il paradigma di altri modi come: presente indicativo e congiuntivo presente. Così, per motivo di studio, si seguirà ciò che informa il dizionario. / Muitos gramáticos consideram que o modo imperativo possui cinco pessoas, mesmo se o verbete imperativo informa diferente. Segundo vários outros gramáticos, é possível apenas considerar duas pessoas (a segunda do singular e a segunda do plural) como se lê no verbete imperativo do dicionário, já que as outras pessoas seguem o paradigma de outros modos, como: presente do indicativo e subjuntivo presente. Assim, por motivo de estudo, seguir-se-á o que informa o dicionário.
  • Osservando le desinenze dell’imperativo all’italiano standart / Observando as desinências do imperativo no italiano padrão
  • Prima coniugazione (amare) / Primeira conjugação (amar)

Tabela com a prima coniugazione (amare)

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)
  • Seconda coniugazione (vedere) / Segunda conjugação (ver)

Tabela com a seconda coniugazione (vedere)

  • Terza coniugazione (morrire) / Terceira conjugação (morrer)

Tabela com a terza coniugazione (morrire)

*Le desinenze sono in neretto. / As desinências estão em negrito.

Esempi: / Exemplos:

  1. Dai una mano a Giulia! / Dê uma ajuda à Giulia!
  2. State calmi! / Fiquem calmos!
  3. Dormite adesso! / Durmam agora!
  4. Non avete paura, siate coraggiosi! / Não tenham medo, sejam corajosos!
  5. Zittisci! / Cale-se!

Attenzione! / Atenção!

Il verbo dire non segue il modello sopracitato apresentandosi alla seconda persona singolare come monosillaba (di’). Tuttavia, i verbi: fare, andare, stare, dare possono anche presentarsi monossilabici oppure no alla seconda persona del singolare (fa’, va’, sta’, da’ oppure fai, vai, stai, dai). / O verbo dire (dizer) não segue o modelo acima citado, apresentando-se na segunda pessoa do singular como monossílaba (di’). Todavia, os verbos fare (fazer), andare (ir), stare (estar) e dare (dare) podem também se apresentar monossilábicos ou não na segunda pessoa do singular (fa’, va’, sta’, da’ ou fai, vai, stai, dai).

  • Conoscendo l’imperativo affirmativo e negativo / Conhecendo o imperativo afirmativo e negativo

Sia in modo affermativo sia in modo negativo, è possibile dare un comando, esprimere un divieto, una richiesta, un invito ecc. però, interessante osservare come farlo di maniera giusta. Vedi la spiegazione e degli esempi. / Seja de modo afirmativo, seja de modo negativo, é possível dar um comando, exprimir uma proibição, um pedido, um convite etc., porém é interessante observar como fazê-lo de maneira correta. Veja a explicação e alguns exemplos:

  • Imperativo affermativo / Imperativo afirmativo

Si riconosce come imperativo affermativo gli esempi (1, 2, 3 e 5) visti al punto ‘Osservando le desinenze dell’imperativo all’italiano standart – esempi’. / Reconhecem-se como imperativo afirmativo os exemplos (1, 2, 3 e 5) vistos no ponto ‘Observando as desinências do imperativo no italiano padrão – exemplos’.

  • Imperativo negativo / Imperativo negativo

Si riconosce come imperativo negativo l’esempio (4) visto al punto: ‘Osservando le desinenze dell’imperativo all’italiano standart – esempi’. In verità, l’imperativo negativo non ha una forma specifica e sapendo ciò, il modo negativo si serve dell’infinito presente preceduto dalla negazione non per la seconda singolare, e della seconda plurale del presente indicativo, sempre preceduta dalla negazione non per la seconda plurale. E per capire meglio, si rende interessante osservare gli esempi. / Reconhece-se como imperativo negativo o exemplo (4) visto no ponto ‘Observando as desinências do imperativo no italiano padrão – exemplos’. Na verdade, o imperativo negativo não tem uma forma específica e, sabendo disto, o imperativo negativo se serve do infinitivo presente precedido pela negação non para a segunda singular e da segunda do plural do presente indicativo sempre precedida pela negação non para a segunda plural. Para entender melhor, faz-se interessante observar os exemplos.

Esempi: / Exemplos:

  1. Non dormire tutto il pomeriggio! (non + infinito) / Não durma a tarde toda!
  2. Non stare tranquilla con la situazione. (non + infinito) / Não esteja tranquila com a situação.
  3. Non dite parola nessuna! (non + 2ª plurale presente indicativo) / Não digam palavra alguma!
  4. Non mangiate tutto il gelato. (non + 2ª plurale presente indicativo) / Não comam todo o sorvete.


Isabela Reis de Paula
Colaboradora Mundo Educação   
Graduada em Letras com Habilitação em Português e Italiano
Pela Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFRJ

Publicado por: Isabela Reis de Paula