Você está aqui
  1. Mundo Educação
  2. Matemática
  3. Geometria
  4. Classificação de triângulos

Classificação de triângulos

A classificação de triângulos é um ponto muito relevante no estudo dessa forma geométrica, que possui três vértices, três lados e três ângulos internos e externos. A fim de facilitar o estudo acerca desse polígono, vamos classificá-lo em relação ao tamanho dos lados (equilátero, isósceles e escaleno) e às medidas de seus ângulos internos (retângulo, acutângulo e obtusângulo). Ao classificá-lo, vamos estudar também algumas propriedades que facilitam as resoluções de problemas.

Os triângulos são polígonos de três vértices que podem ter diferentes classificações.

Classificação dos triângulos quanto aos lados

Podemos classificar um triângulo de acordo com a medida de seus lados. Temos três possíveis combinações em relação ao tamanho dos lados: ou todos os lados são iguais, ou dois lados são iguais e um diferente, ou todos os lados são diferentes.

  • Triângulo equilátero

O triângulo equilátero possui todos os lados congruentes, isto é, todos os lados do triângulo possuem a mesma medida.

  • Triângulo isósceles

O triângulo isósceles possui pelo menos dois lados congruentes, ou seja, possui dois lados iguais e um diferente.

  • Triângulo escaleno

O triângulo escaleno possui todos os seus lados diferentes, ou seja, cada lado tem uma medida diferente.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Classificação dos triângulos quanto aos ângulos

  • Triângulo acutângulo

O triângulo acutângulo possui todos os seus ângulos internos menores que 90°, ou seja, a medida de cada ângulo interno é um ângulo agudo.

  • Triângulo retângulo

O triângulo retângulo apresenta, em um de seus ângulos internos, um ângulo de 90°, ou seja, um ângulo reto. Além disso, é válido destacar que o lado oposto ao ângulo reto é chamado de hipotenusa e os demais lados são chamados de catetos. Nesse triângulo, é válido o teorema de Pitágoras.

  • Triângulo obtusângulo

O triângulo obtusângulo possui um dos seus ângulos internos com medida maior que 90° e menor que 180°, ou seja, um ângulo obtuso.

Leia também: Área do triângulo: fórmula e exemplos

Propriedade dos triângulos

  • Propriedade 1: Em qualquer triângulo, a soma dos ângulos internos é sempre igual a 180°.

Exemplo

Vamos determinar a medida dos ângulos de um triângulo retângulo com dois ângulos agudos iguais.

Como temos um triângulo retângulo, logo um de seus ângulos é igual a 90°. Como os demais ângulos agudos são iguais, podemos chamá-los de x. Sabemos também que a soma dos ângulos internos de qualquer triângulo é igual a 180°, assim:

90° + x + x = 180°

2x = 180° – 90°

2x = 90°

x = 45°

  • Propriedade 2: Os ângulos internos de um triângulo equilátero são todos iguais a 60°.

Exemplo

Suponha que os valores dos ângulos internos sejam desconhecidos. Assim, chamaremos todos de x, uma vez que o triângulo é equilátero. Como a soma dos ângulos internos é sempre igual a 180°, temos:

x + x + x = 180°

3x = 180°

x = 60°

  • Propriedade 3: A altura (segmento de reta perpendicular a um dos lados do triângulo) a mediana (que divide o lado ao meio) e a bissetriz (que divide um ângulo interno ao meio) coincidem-se no triângulo equilátero.
  • Propriedade 4: Os ângulos da base de um triângulo isósceles são congruentes.

Veja também: Semelhança de triângulos

Exercícios resolvidos

Questão 1 – Determine os valores de x e y sabendo que o triângulo é equilátero.

Solução

Como o triângulo é equilátero, todos os seus lados são iguais, assim:

6x – 12 = 30

6x = 30 – 12

6x = 18

x = 3

Por outro lado, temos também que:

12y – 18 = 30

12y = 30 +18

12y = 48

y = 4

Portanto, x = 3 e y = 18.

Publicado por: Robson Luiz
Assista às nossas videoaulas

Assuntos Relacionados