Você está aqui
  1. Mundo Educação
  2. Matemática
  3. Análise Combinatória
  4. Critérios para identificação de arranjo ou combinação

Critérios para identificação de arranjo ou combinação

Os exercícios de análise combinatória podem ser resolvidos por arranjo ou combinação, mas como identificar qual dos dois agrupamentos o exercício está se referindo? Para isso é preciso que coloquemos em prática alguns critérios que ajudarão nessa identificação.

Esses critérios são aplicados da seguinte forma: Em um problema de análise combinatória iremos encontrar vários agrupamentos, monte pelo menos um deles e modifique a ordem dos elementos desse agrupamento.

Se depois da mudança tiver formado um agrupamento diferente, esse problema será de arranjo.

Se depois da mudança tiver formado o mesmo agrupamento, esse problema será de combinação, ou seja, mesmo se os elementos em ordem diferentes continuar identificando o mesmo agrupamento.

Veja como funciona a aplicação desse critério:

Considere nove pontos diferentes de uma circunferência, conforme a figura.



Quantas retas ficam determinadas por esses nove pontos?

Pra descobrir se o exercício é de arranjo ou combinação é preciso que montemos pelo menos um dos agrupamentos (reta).
Uma reta é formada por, no mínino, 2 pontos, como os pontos não são colineares podemos unir qualquer ponto, assim podemos dizer que (A,B) é um agrupamento, se trocarmos a ordem dos seus elementos (B,A) a reta (agrupamento) continua sendo a mesma, portanto, esse exercício será resolvido por combinação.

Assim, aplicamos a fórmula da combinação, sendo que n = 9 e p = 2.

C9,2 = 9!
          2! (9-2)!

C9,29 . 8 . 7!
              2 . 1 . 7!

C9,2 = 72
              2

C9,2 = 36

Serão formados com os 9 pontos da circunferências 36 retas.
Publicado por: Danielle de Miranda
Assista às nossas videoaulas

Assuntos Relacionados