Você está aqui
  1. Mundo Educação
  2. Matemática
  3. Estudo das Probabilidades
  4. Probabilidade de dois eventos sucessivos ou simultâneos

Probabilidade de dois eventos sucessivos ou simultâneos

Através da fórmula da probabilidade condicional

 

determinamos a fórmula para o cálculo da probabilidade de dois eventos simultâneos, que é dada por:

Note que para se obter a probabilidade de ocorrerem dois eventos sucessivos, que é p(A∩B), basta multiplicar a probabilidade de um deles ocorrer pela probabilidade de ocorrer o outro, sabendo que o primeiro já ocorreu.

Quando o fato de ter ocorrido o evento B não alterar a probabilidade de ocorrer o evento A, ou seja, quando A e B forem eventos independentes, a fórmula se reduz a:
P(A∩B)=p(A)*p(B)

Vejamos alguns exemplos de aplicação dessas fórmulas.

Exemplo 1. Uma moeda e um dado são lançados simultaneamente. Qual a probabilidade de ocorrer coroa e número primo?

Solução: Primeiro, vamos determinar o espaço amostral S, que é o conjunto com todos os possíveis resultados. Para melhor compreensão, iremos denominar cara de C e coroa de K. Assim,

S = {(C, 1); (C; 2); (C, 3); (C, 4); (C, 5); (C, 6); (K; 1), (K, 2); (K, 3); (K, 4); (K, 5); (K, 6)}  n(S) = 12

Vamos descrever os eventos A e B.
A: ocorrer coroa
B: ocorrer número primo

É fácil ver que esses dois eventos são independentes, um pode ocorrer sem a interferência do outro. Dessa forma, para resolução, utilizaremos a fórmula:

P(A∩B)=p(A)∙p(B)
p(A) = ½, pois no lançamento de uma moeda há metade de chance de sair cara e metade de sair coroa.
p(B) = 3/6 = ½, pois dos 6 possíveis resultados no lançamento de um dado, três deles são números primos.
Logo,
P(A∩B)=1/2*1/2=1/4

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Exemplo 2. Uma urna contém 10 etiquetas identificadas pelas letras A, B, C, D, ..., I, J. Duas delas são retiradas ao acaso, sucessivamente. Qual a probabilidade de saírem duas vogais, se a extração é feita sem reposição?

Solução: Vamos determinar os dois eventos envolvidos.

Evento A: sair uma vogal
Evento B: sair uma vogal

O fato de não haver reposição das etiquetas indica que a ocorrência de um evento interfere na ocorrência do outro, pois não haverá a mesma quantidade de etiquetas após a ocorrência de um deles. Dessa forma, utilizaremos a expressão:
P(A∩B)=p(A│B)∙p(B)

Vamos então calcular p(B) e p(A|B).
p(B)= 3/10, pois, das dez letras, apenas 3 são vogais.
p(A│B)= 2/9, pois, se B ocorreu, restaram 9 letras e, dessas, apenas 2 são vogais.
Logo,
P(A∩B)=2/9∙3/10=6/90=1/15

Por Marcelo Rigonatto
Especialista em Estatística e Modelagem Matemática

Assuntos Relacionados