Você está aqui
  1. Mundo Educação
  2. Psicologia
  3. Histeria

Histeria

Histeria é um tipo de neurose que se caracteriza predominantemente, pela transformação da ansiedade subjacente para um estado físico. A palavra vem do termo grego “hystéra”, que significa útero. A própria palavra nos revela o caráter feminino da doença, já que era atribuída a uma disfunção uterina.

As pessoas que sofrem de histeria apresentam uma situação de pânico intensa, apresentada sobre a forma de sintomas físicos, como por exemplo, paralisia, cegueira, surdez, etc, perdendo assim seu autocontrole. Sigmund Freud (1856-1939) começou a pesquisar e analisar os mecanismos psíquicos da histeria, chegando à conclusão de que os distúrbios poderiam abranger os sentidos da visão, audição, paladar e olfato e variar de desde levianas sensações até a anestesia total e fortes dores agudas.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

A maioria dos sintomas da histeria se apresenta de forma combinada com outros tipos de distúrbios neuróticos. Quem sofre de histeria geralmente possui problemas em manter um relacionamento, seja de qualquer espécie. O tratamento da histeria normalmente é a psicoterapia, no entanto medicações também podem ajudar um pouco. A psicoterapia possibilita que a pessoa entenda seus próprios sentimentos e simbologias, além de aprender a lidar com eles coordenadamente.

Assuntos Relacionados