Você está aqui
  1. Mundo Educação
  2. Psicologia
  3. Paternidade

Paternidade

Os pais atualmente procuram estabelecer com os filhos uma ligação mais forte, para isso conquistam seu espaço na rotina de criação dos filhos.

O papel de provedor não os satisfazem mais, além disto, eles querem oferecer colo e estar mais juntos dos filhos, para instituir uma ligação mais terna.

Essa participação almejada por eles não é com o intuito de invadir o papel da mãe, mas sim serem co-participantes no hábito de cuidados diários.

Algumas décadas atrás eram poucos os pais que dividiam com as mães as tarefas de trocar fraldas, levar a criança ao médico ou cuidar delas sozinhos durante a ausência da mãe.

Hoje em dia é notória a aproximação dos pais desde a gestação, quando se inicia o desafio de ser pai.

A integração do pai com o filho é um vínculo construído durante toda a convivência. E como a mãe estabelece uma relação simbiótica (sente que os dois são um só) com o bebê durante a gestação, ela precisa estar atenta quando a criança nasce para que o pai não se sinta um pouco de lado na relação com a mesma.
A nova configuração de pai
A nova configuração de pai
Publicado por: Patrícia Lopes Dantas

Assuntos Relacionados