Alcanos combustíveis

Alcanos possuem a propriedade de sofrerem combustão. Um exemplo de alcano que se queima com facilidade é o gás butano (presente em isqueiros). Já reparou como é fácil iniciar a combustão deste gás? Basta que a pedra gire rapidamente e o oxigênio entre em contato com o gás e lá está ele, o fogo. Acompanhe a reação:

2 C4H10 + 13 O2 → 8 CO2 + 10 H2O + calor

Repare que o contato do gás butano (C4H10) com o O2 presente no ar produz calor. A reação de combustão pode ser considerada uma oxirredução, onde o alcano é o agente redutor (combustível) e o oxigênio o agente oxidante (comburente). Para que a reação ocorra é necessária uma energia de ativação, que é dada pela faísca produzida pelo movimento rápido da pedra.

Como a reação é exotérmica (libera calor), é preciso muito cuidado ao colocar alcanos em combustão, neste processo pode ser produzida uma explosão.

Outros exemplos de combustão de alcanos:

Queima dos derivados do petróleo em geral: queima da gasolina para movimentar carros, queima de gás GLP para acender as chamas de fogões, queima da parafina para acender velas. Nestes casos desejamos obter a energia produzida pela reação.

Você conhece o combustível dos isqueiros?
Você conhece o combustível dos isqueiros?
Publicado por: Líria Alves de Souza

Assuntos Relacionados