Alcinos

Podemos definir alcinos como hidrocarbonetos de cadeia carbônica acíclica, homogênea, insaturada com uma tripla ligação única entre átomos de carbono. São conhecidos também como hidrocarbonetos etínicos ou hidrocarbonetos acetilênicos. A fórmula geral dos alcinos é: CnH2n – 2, e o primeiro membro é o etino (C2H2).
Os alcinos possuem pontos de fusão e ebulição crescentes com o aumento da cadeia carbônica (massa molecular), como acontece com os alcanos e alcenos.
Essa classe de compostos não possui cor (incolor) e nem cheiro (inodoro). Apresentam insolubilidade em água, mas são solúveis em solventes orgânicos como o álcool, o éter e outros. Os alcinos são mais reativos que os alcenos e os alcanos, devido à presença da tripla ligação que traz instabilidade, eles são preparados em laboratório porque não se encontram livres na natureza. Mas a preparação industrial está voltada especialmente para um composto: o Acetileno, que também é chamado de etino.

O acetileno é parcialmente solúvel em água, e é a partir dele que se obtêm solúveis não inflamáveis. Esse hidrocarboneto é importantíssimo na indústria, é usado em grande escala na fabricação de borrachas sintéticas, plásticos, como o PVC e PVA, e ainda de fios têxteis para a produção de tecidos.
O PVC é muito conhecido no mercado pela variedade de produtos, como os tubos e conexões tão essenciais nas construções. O filme de PVC, por exemplo, é usado para armazenar ou para transportar alimentos in natura, crus, processados ou até prontos
Fios têxteis fabricados a partir de alcinos.
Fios têxteis fabricados a partir de alcinos.
Publicado por: Líria Alves de Souza

Assuntos Relacionados