Carbonetos

Esta classe de compostos, também denominada de carbetos, se constitui de sais binários contendo carbono e características inorgânicas. O carboneto é um material muito comum em qualquer tipo de instrumento cortante.

Lâminas de serrote, tornos mecânicos, escavadoras e brocas de perfuração dental são geralmente feitas de carboneto, seu uso é comum nesses tipos de ferramentas porque se mantém afiado mais tempo do que a maioria dos outros materiais.

Os Carbonetos existem de duas formas: Carbonetos Covalentes e Iônicos. Essa variação só existe quando carbonetos são expostos à pressão e temperatura e reagem com a água originando os óxidos metálicos ou hidróxidos.

Carbonetos iônicos

Têm origem de hidróxidos e são conhecidos como carbonetos salinos por apresentarem um forte caráter iônico, são compostos sólidos. Dentre os principais carbonetos iônicos está o carboneto de cálcio (CaC2), que é usado em maçaricos oxi-acetilênicos. Este composto juntamente com a água, produz acetileno conforme a reação:

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

CaC + 2 H2OC2H2 + Ca(OH)2

O acetileno entra em combustão e produz uma chama de 3.300ºC liberando energia de 11.800J/g. Essa energia da chama é utilizada para soldar e cortar metais.

Carbonetos covalentes

Originados dos óxidos metálicos, são formados entre o carbono e elementos com a eletronegatividade aproximada à do carbono. Os exemplos mais importantes deste grupo são o carboneto de silício (SiC) e o carboneto de boro (B4C).

Carboneto de boro (B4C): usado em barras de controle de reatores nucleares com a finalidade de capturar nêutrons e moderar a reação radiativa.

Carboneto de silício (SiC): é duro e abrasivo, por isso resiste à ação dos ácidos e das bases. É utilizado na produção de rebolos, discos de corte, para o polimento de pedras (como ardósia, mármore, granito e outras) e para o polimento de lentes.

Publicado por: Líria Alves de Souza

Assuntos Relacionados