Cicloalcanos, ciclanos ou cicloparafinas

Os cicloalcanos ou ciclanos são hidrocarbonetos cíclicos saturados, ou seja, são compostos formados apenas por átomos de hidrogênio e carbono, de cadeia fechada e com apenas ligações simples.

Eles também são chamados de cicloparafinas porque o termo parafinas vem do latim parum, que é igual a “pequena”, e affinis, que é “afinidade”, significando, então, “pouco reativas”. A maioria dos cicloalcanos são muito estáveis e reagem com dificuldade, com exceção dos ciclanos que apresentam de 3 a 5 átomos de carbono na cadeia, que são razoavelmente reativos.

A fórmula geral desse grupo é CnH2n, sendo que n é um número inteiro. Essa fórmula nos mostra que o número de hidrogênios para os cicloalcanos é sempre igual ao dobro do número de carbonos. Por exemplo, um ciclano com 4 carbonos terá 8 hidrogênios:

n =4 → CnH2n → C4 H2 . 4 C4H8

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Fórmula estrutural do ciclobutano

Os cicloalcanos costumam ser representados por figuras geométricas simples. Por exemplo, o composto anterior é representado por um quadrado. Veja esse e outros exemplos a seguir:

Exemplos de cicloalcanos

A nomenclatura desses compostos segue a mesma regra para os alcanos, porém com o acréscimo da palavra “ciclo” no início:

Esquema de nomenclatura de cicloalcanos

Exemplos:

Exemplos de nomenclatura de alguns cicloalcanos

O cicloalcano mais importante é o mais simples também, o ciclopropano. Ele é um gás inflamável usado como anestésico em cirurgias. Ele costuma ser administrado ao paciente por inalação, misturado com oxigênio em proporções adequadas.

O cicloalcano mais simples é um potente anestésico: ciclopropano
O cicloalcano mais simples é um potente anestésico: ciclopropano
Publicado por: Jennifer Rocha Vargas Fogaça

Assuntos Relacionados