Você está aqui
  1. Mundo Educação
  2. Química
  3. Química nuclear
  4. Descarte de resíduos nucleares

Descarte de resíduos nucleares

A energia nuclear é produzida pelo processo de fissão nuclear, os produtos da reação são os isótopos radioativos. As meias-vidas de isótopos são muito longas, durante esse período eles mantêm a emissão de partículas perigosas. Seriam necessárias cerca de dez meias-vidas para que esses resíduos deixassem de apresentar perigo.

Quando um isótopo radioativo decai para seu limite de segurança, ele passa a não representar mais perigo. O grande problema é: onde armazenar esses resíduos até que deixem de apresentar periculosidade?

A maneira correta de realizar esta tarefa é dividindo os resíduos entre materiais de nível baixo e de nível alto, classificação baseada na quantidade de radioatividade emitida.
Os resíduos de nível baixo podem ser armazenados em locais de produção, compartimentos especiais ou enterrados. Mas os de nível alto requerem um tratamento especial, pois precisam ser lacrados em vidros e, posteriormente, em tambores para só então serem enterrados no subsolo.

O tempo de permanência desses materiais nos respectivos locais isolados é de, no mínimo, dez mil anos. Após esse período são considerados inativos.

Veja mais!
Energia nuclear evita efeito estufa
Lixo nuclear: como se livrar dele?
Lixo nuclear: como se livrar dele?
Publicado por: Líria Alves de Souza

Assuntos Relacionados