Deslocamento de Equilíbrio

Para melhor abordar este conteúdo, consideremos dois aquários: um grande e um pequeno. Como vemos, o espaço menor está repleto de peixes, que disputam seu espaço desesperadamente. Os aquários representam um sistema em desequilíbrio, neste caso o equilíbrio está deslocado para a esquerda.

Repare também que a imagem mostra um peixe saltando para o aquário maior, o que ele pretende com isso? Se todos os peixes tivessem a mesma iniciativa, teriam espaço suficiente para nadar e não ficariam num ambiente apertado. O que o peixinho esperto está fazendo é o que chamamos de equilibrar um sistema. Se a metade dos peixes passassem do aquário A para o B, obteríamos uma condição de equilíbrio.

Os componentes de uma reação química passam pelo mesmo processo, para que a equação se equilibre é preciso haver um número constante de reagentes e produtos. Obedecendo a este princípio, a reação pode tomar a forma de reação reversível, onde os produtos podem se converter à forma inicial.

As reações reversíveis podem ocorrer em processos químicos e físicos e são identificadas pela seta dupla:  

Um exemplo prático de reação reversível é quando colocamos água líquida em um recipiente fechado:

H2O (l)    H2O (v)

A equação acima traduz a ideia de que as moléculas de água no estado líquido passam para o estado de vapor continuamente e, ao mesmo tempo, a água evaporada retorna para o estado inicial (líquido), reação reversível. Quando a velocidade de vaporização se iguala à de condensação, o sistema entra em equilíbrio.
 

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)
Publicado por: Líria Alves de Souza
Assista às nossas videoaulas

Assuntos Relacionados