Você está aqui
  1. Mundo Educação
  2. Química
  3. Química Ambiental
  4. Embalagens cartonadas em casas de madeira

Embalagens cartonadas em casas de madeira

As embalagens cartonadas de leite podem ser reaproveitadas, grampeando-as e formando chapas que podem ser colocadas nas paredes e no teto de casas de madeira.

As embalagens cartonadas são muito utilizadas em nosso cotidiano para proteger diversos produtos líquidos e pastosos, tais como leite, sucos, creme de leite, extrato e molho de tomate, leite condensado, iogurtes, achocolatados etc. Visto que oferecem várias vantagens, conforme se pode ver no texto Constituição das embalagens cartonadas longa vida”, o resultado é uma grande quantidade desse produto jogada nos lixões e aterros sanitários.

Para se ter uma ideia, em 2004, foram consumidas, no Brasil, cerca de 160 mil toneladas de embalagens cartonadas, o que gera realmente um grande impacto ambiental, bem como desperdício de dinheiro e energia.

Mas além da reciclagem dessas embalagens, existe também um reaproveitamento delas que pode ajudar a diminuir o problema do volume do lixo: colocar as caixas de leite (embalagens cartonadas) como revestimento das paredes e tetos de casas de madeira simples.

Isso é uma ótima ideia principalmente porque as pessoas de renda mais baixa que vivem em casas assim passam por muitos transtornos. Por exemplo, visto que muitos não conseguem encontrar madeira suficiente, ficam buracos ou espaços vazios entre as madeiras por onde entram os ventos gelados, principalmente à noite. Ao mesmo tempo, quando se faz calor, essas casas ficam muito quentes. Além disso, tem o fato de as chuvas penetrarem nas madeiras, que, com o tempo, vão se degradando. O pior resultado é para crianças e idosos que acabam ficando sujeitos a essas intempéries e desenvolvem muitas doenças.

Existe uma solução barata e simples para acabar com o frio em casa de madeira e melhorar a saúde das crianças
Existe uma solução barata e simples para acabar com o frio em casa de madeira e melhorar a saúde das crianças

Assim, as embalagens cartonadas surgem como uma alternativa para ajudar a, pelo menos, diminuir esses problemas. Para tal, devem-se limpar as caixas de leite usadas, recortar o fundo e a parte superior, e abri-la por recortar a lateral, formando um retângulo. Depois se deve grampear bem uma caixa na outra, sendo que 12 caixas originam uma chapa de 1 metro quadrado (4 colunas e 3 linhas).

Aqui nesse ponto é importante tomar o cuidado de colocar as caixas grampeadas umas nas outras sempre no mesmo sentido, porque senão há o risco da chuva passar. Depois basta colocar essas placas formadas revestindo a casa por dentro, sendo que a parte de dentro da caixa, a que aparece a folha de alumínio, tem que ficar virada para o lado de fora, e a parte exterior da embalagem, a que aparece o papel com o rótulo, deve ficar voltada para o interior da casa.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Esquema de como cortar a caixa de leite
Esquema de como cortar a caixa de leite

Acontece que as embalagens cartonadas são formadas por multicamadas de papel duplex (papel-cartão – 75% em massa), alumínio (20%) e um plástico, que é o polietileno de baixa densidade (5%). Observe abaixo como essas camadas estão dispostas:

Multicamadas de embalagem cartonada longa vida
Multicamadas de embalagem cartonada longa vida

Observe que o plástico, que é apolar, repele a água. Portanto, se chover, as duas camadas de polietileno que ficam voltadas para fora da casa ajudarão a impedir que a água entre na casa.

O alumínio é um metal e, conforme mostra o texto Ligações Metálicas e as propriedades dos metais, ele é formado por uma “nuvem” de elétrons livres que são os responsáveis pelo trânsito rápido do calor. Portanto, o alumínio é um material condutor, por isso, quando a energia do sol incide sobre ele, esse metal conduz o calor para dentro da casa, aquecendo o ambiente.

Além disso, o papel, ao contrário do alumínio, é um material isolante, que não conduz bem o calor. Por isso, em dias frios, a energia que está dentro da casa não é transmitida na forma de calor para fora, mantendo o ambiente aquecido.

Agora se o objetivo é resfriar a casa que fica em locais muito quentes, então o sentido em que se coloca o revestimento feito pelas embalagens cartonadas é inverso, ou seja, a parte que aparece o alumínio fica voltada para dentro da casa, e a parte que mostra o papel-cartão fica voltada para fora de casa.

Quantas caixas de leite sua família joga fora por ano? Já parou para pensar nisso?
Quantas caixas de leite sua família joga fora por ano? Já parou para pensar nisso?
Publicado por: Jennifer Rocha Vargas Fogaça

Assuntos Relacionados