Enxofre

O enxofre é um calcogênio que apresenta diversas utilizações (como a produção de ácido sulfúrico) e características importantes.

Enxofre
Enxofre sendo processado de forma industrial

O enxofre é um elemento químico que foi classificado como tal pelo químico Antoine Lavoisier em 1777. É representado pela sigla S por causa do nome em latim dado a ele: Sulfur.

O elemento enxofre está posicionado na Tabela Periódica no terceiro período (coluna horizontal) do grupo 16 (conhecido como família VIA ou família dos calcogênios).

Características atômicas

De forma geral, os átomos do elemento químico enxofre apresentam:

  • Número atômico: 16

  • 16 prótons

  • 16 elétrons

  • 3 níveis de energia (K, L, M)

  • Subnível mais energético 3p4

  • Subnível mais externo 3p4

Veja a distribuição eletrônica do Enxofre, na qual podemos conferir a quantidade de níveis de energia, o subnível mais externo e o subnível mais energético.

Isótopos

Isótopos são átomos que apresentam o mesmo número de prótons, mas diferem no número de nêutrons e no número de massa. Na natureza, existem cerca de 18 isótopos do enxofre, mas apenas quatro deles são estáveis (todos os outros são instáveis, ou seja, radioativos). Veja os quatro isótopos estáveis do enxofre:

  • Enxofre-32 (cuja sigla é 16S32): é o isótopo do enxofre que apresenta número de massa igual a 32 e número de nêutrons igual a 16;

  • Enxofre-33 (16S33): é o isótopo do enxofre que apresenta número de massa igual a 33 e número de nêutrons igual a 17;

  • Enxofre-34 (16S34): é o isótopo do enxofre que apresenta número de massa igual a 34 e número de nêutrons igual a 18;

  • Enxofre-34 (16S36): é o isótopo do enxofre que apresenta número de massa igual a 36 e número de nêutrons igual a 20.

Propriedades físicas

  • Sólido amarelo pálido

  • Inodoro

  • Sem sabor

  • Insolúvel em água

  • Quebradiço

  • Mau condutor de eletricidade

  • Ametal

  • Solúvel em dissulfeto de carbono

Formas alotrópicas

Assim como os elementos químicos carbono, oxigênio e fósforo, o enxofre apresenta a propriedade de formar diferentes substâncias simples, os chamados alótropos (substâncias cujas moléculas são formadas por átomos de um mesmo elemento químico). Veja dois alótropos do enxofre:

a) Enxofre rômbico (fórmula S8)

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Forma mais comum do enxofre e o alótropo mais estável dele. É encontrado na forma de cristais amarelos e transparentes.

Imagem de uma pedra de enxofre rômbico
Imagem de uma pedra de enxofre rômbico

  • Seu ponto de fusão é 2,07oC;

  • Seu ponto de ebulição é 444,6oC;

  • Sua densidade é 2,07g/mL;

  • É um material de baixa dureza.

b) Enxofre monoclínico (fórmula S8)

É uma forma menos estável do enxofre e é encontrado no formato de agulhas finas amarelas e opacas.

Imagem de uma pedra de enxofre monoclínico
Imagem de uma pedra de enxofre monoclínico

  • Seu ponto de fusão é 119oC;

  • Seu ponto de ebulição é 444,6oC;

  • Sua densidade é 1,96 g/mL;

  • É um material de baixa dureza.

Formas de obtenção

A forma de obtenção do enxofre está relacionada com a sua ocorrência na natureza. Ele pode ser encontrado na forma livre ou associado a outros elementos.

a) Enxofre livre

Na forma livre, o enxofre pode ser encontrado em depósitos sedimentares e em regiões vulcânicas.

Enxofre sendo extraído de região vulcânica
Enxofre sendo extraído de região vulcânica

b) Enxofre associado

Quando associado a outros elementos químicos, formando sulfatos, sulfitos ou sulfetos, o enxofre pode ser obtido a partir do petróleo, gás natural e carvão. Porém, o elemento enxofre é mais comumente encontrado em minerais, como:

  • Pirita (dissulfeto de ferro)

  • Cinábrio (sulfeto de mercúrio)

  • Esfalerita (sulfeto de zinco)

  • Galena (sulfeto de chumbo)

Utilizações

  • Fabricação de ácido sulfúrico;

  • Fabricação de pólvora;

  • Fabricação de adubos;

  • Fabricação de defensivos agrícolas;

  • Vulcanização da borracha;

  • Produção de fertilizantes;

  • Está presente na composição de todos os sulfatos, sulfitos e sulfetos;

  • Na forma de sulfato, pode ser utilizado como medicamento laxante, bactericida, fungicida, produção de suplementos para plantas, produção de alguns ácidos inorgânicos etc.;

  • Na forma de sulfito, participa da produção de conservantes e como branqueador de papéis.

Assuntos Relacionados