Você está aqui
  1. Mundo Educação
  2. Química
  3. Química Inorgânica
  4. Funções inorgânicas
  5. Equação de ionização dos ácidos

Equação de ionização dos ácidos

A equação de ionização dos ácidos representa a quantidade de hidrônios e o ânion produzido quando um ácido é adicionado à água.

Para aprender a representar uma equação de ionização, é importante relembrar os conceitos de ionização e de ácido:

  • Ácido: Segundo Arrhenius, é toda substância que, quando adicionada à água, ioniza-se e forma um cátion hidrônio (H3O+ ou H+) e um ânion qualquer (X-). Assim, um ácido é sempre representado como HX.

  • Ionização: trata-se de um processo químico que envolve alguns compostos moleculares (apenas ácidos) e que resulta na formação de íons (um cátion e um ânion) quando o composto interage com a água.

Como toda e qualquer equação química, a equação de ionização de um ácido deve apresentar reagentes, seta e produtos:

Reagentes → Produtos

Existem também itens que são padronizados, ou seja, sempre que escrevemos uma equação, devemos utilizá-los. Os reagentes da equação de ionização de um ácido sempre serão um ácido e a água, e os produtos serão sempre o cátion hidrônio (pode ser representado por H3O+ ou H+) e um ânion (X-) qualquer. Por exemplo:

HX + H2O → H+ + X-

ou

HX + H2O → H3O+ + X-

Ao escrever a equação de ionização de um ácido, alguns procedimentos são importantes:

  • A quantidade de átomos de hidrogênio (y) presente na fórmula do ácido quase sempre resulta em cátions hidrônio. Por isso, é necessário utilizar um coeficiente (y) que especifique essa quantidade na frente da fórmula do hidrônio. Só não vamos utilizar o mesmo coeficiente da fórmula do ácido como coeficiente da fórmula do hidrônio nos casos dos ácidos H3PO3 e H3PO2, pois eles apresentam, respectivamente, dois e um hidrogênio ionizável apenas.

    Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)
  • Para cada hidrônio formado, é necessária uma molécula de água. Assim, é necessário utilizar um coeficiente (y) que especifique essa quantidade na frente da fórmula da água.

  • O hidrônio (H3O+ ou H+) sempre apresenta a mesma fórmula, mas o ânion que o acompanha no produto não. O ânion sempre será o grupo X ao lado do hidrogênio da fórmula do ácido (HX), tendo como valor da carga, quase sempre, a quantidade de hidrogênios (y) presente na fórmula do ácido, com exceção dos casos dos ácidos H3PO3 e H3PO2.

A equação a seguir traz uma representação geral sobre cada um dos procedimentos descritos acima:

HyX + y H2O → y H3O+ + X-y

Vamos ver agora alguns exemplos práticos de equações de ionização de ácidos que têm como base as orientações e a representação geral:

  • Ionização do ácido HCN

HCN + 1 H2O → 1 H+ + CN-1

  • Ionização do ácido H3PO4

H3PO4 + 3 H2O → 3 H+ + PO4-3

  • Ionização do ácido H3PO3

H3PO3 + 2 H2O → 2 H3O+ + H1PO3-2

  • Ionização do ácido H3PO2

H3PO2 + 1 H2O → 1 H3O+ + H2PO2-1

  • Ionização do ácido H2SO4

H2SO4 + 2 H2O → 2 H3O+ + SO4-2

Quando adicionado à água, o ácido clorídrico sofre ionização
Quando adicionado à água, o ácido clorídrico sofre ionização
Publicado por: Diogo Lopes Dias

Assuntos Relacionados