Ferro

O nome ferro é derivado do latim ferrum, é um metal maleável, tenaz, de coloração branco-acizentada apresentando propriedades magnéticas; é ferromagnético à temperatura ambiente, assim como o Níquel e o Cobalto. É duro e resistente, mas ao mesmo tempo é maleável e dúctil. Possui símbolo atômico Fe e à temperatura ambiente, encontra-se no estado sólido. É extraído da natureza sob a forma de minério de ferro, mas passa para o estágio de ferro-gusa através de processos de transformação. Ao passar por um processo chamado descarbonetação, o metal é aquecido em um ambiente em que há presença de oxigênio, o que faz com que o metal oxide e perca carbono. Se a descarbonetação for total, é perdido carbono apenas na superfície. Já na descarbonetação parcial, o carbono reduzido encontra-se nas camadas mais periféricas do aço. O aço comum é uma liga de aproximadamente 98,5% de  ferro, 0,5 a 1,7% de carbono e traços de silício, enxofre e fósforo .

O núcleo da Terra tem em sua composição o elemento ferro. Esse metal é muito usado atualmente, principalmente nas Siderúrgicas, onde é componente do aço. Os minérios de Ferro são encontrados, em seu estado natural, em muitos tipos de rocha, sendo as principais: Hematita, Magnetita (pedra-ímã) e Siderita (pedra de ferro). A Pirita que ficou conhecida popularmente como “ouro dos tolos”, pode ser confundida com o metal ouro devido à sua coloração amarela. A hematita é o principal minério de ferro.

O ferro possui propriedades como: bom condutor de calor e eletricidade, atualmente é utilizado extensivamente para a produção de aço, liga metálica para a produção de ferramentas, máquinas, veículos de transporte (automóveis, navios, etc.), como elemento estrutural de pontes, edifícios, e uma infinidade de outras aplicações.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)
Hematita: o principal minério de ferro.
Hematita: o principal minério de ferro.
Publicado por: Jennifer Rocha Vargas Fogaça

Assuntos Relacionados