Você está aqui
  1. Mundo Educação
  2. Química
  3. Combustíveis
  4. Índice de Octano de combustíveis

Índice de Octano de combustíveis

O número de octano de um combustível representa o percentual de isoctano (C8H18 ) e de heptano (C7 H16 ) contidos nele. Já o índice de octano mede a resistência de um combustível a se auto-inflamar. Quanto mais elevado for o índice, mais resistente é o combustível à detonação, é o fenômeno denominado de autodetonância.

Mas o que seria a autodetonância? A detonação da gasolina acontece nos cilindros de motores de combustão interna, ela corresponde à combustão prematura durante a compressão exercida pelo pistão.

De acordo com estudos, foi estabelecida uma escala para medir a tendência à detonação de uma gasolina. Nessa escala, atribui-se ao isoctano (2,2,4-trimetil-pentano), que detona apenas a compressões elevadas, o índice 100; ao n-heptano, que detona a compreensão muito baixa, foi atribuído o índice zero. Sendo assim, uma gasolina com índice de octano 80 possui as mesmas características de detonação que uma mistura de 80% de isoctano e 20% de n-heptano, ou seja, é a porcentagem dessa mistura que tem as mesmas características de detonação que a gasolina.

A compressão que a mistura gasolina-ar suporta no motor é proporcional ao índice de octanagem. O mais importante dos aditivos que aumentam a octanagem da gasolina é o chumbo tetra-etila [Pb(C2H 5) ], mas ele causa sério impacto ambiental, seu uso portanto está proibido.

A relação dos compostos orgânicos com à octanagem obedece às seguintes regras:

- alcenos têm índice de octano maior que alcanos correspondentes;
- hidrocarbonetos aromáticos têm índice de octano muito alto;
- alcanos ramificados têm índices de octano maior que alcanos normais;
- ciclanos têm índice de octano maior que alcanos normais.

Publicado por: Líria Alves de Souza

Assuntos Relacionados