Iodo

O iodo faz parte do desenvolvimento corpóreo, sua deficiência pode ocasionar uma doença chamada bócio.

Iodo na panela: Frutos do mar.
Iodo na panela: Frutos do mar.

Para o organismo humano funcionar corretamente, este mineral se torna indispensável, pois participa da composição de dois hormônios da glândula tireóide (tiroxina e triiodotiroxina). O Iodo faz parte do desenvolvimento corpóreo, além de agir sobre a maioria dos órgãos e participar de grandes funções no sistema nervoso e cardiovascular.

O desenvolvimento do bócio, doença que causa o aumento da glândula da tireóide (hipotireoidismo), é a principal conseqüência da falta de iodo. Esta enfermidade se caracteriza por fraqueza muscular, redução na taxa metabólica basal, redução do crescimento, alterações de pele e pêlos.

Por estas e outras necessidades, a adição de iodo no sal de cozinha tornou-se obrigatória para a prevenção das doenças decorrentes da deficiência do mesmo. A dose recomendada de iodo é de 150 microgramas diárias para pessoas com mais de 14 anos e 220 microgramas para as gestantes.

Fontes de Iodo: sal marinho, peixes de água salgada e frutos do mar (lagostas, ostras, camarão, sardinhas, bacalhau). O leite e alguns legumes também contribuem com o índice de iodo no corpo, entre eles: a vagem, agrião, cebola, alho poró, rabanete, nabo.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Assuntos Relacionados