Você está aqui
  1. Mundo Educação
  2. Química
  3. Química Orgânica
  4. Isomeria
  5. Isomeria Geométrica em Compostos de Cadeia Fechada

Isomeria Geométrica em Compostos de Cadeia Fechada

Imagem de isômero cis do 1,2-dimetilciclopentano
Imagem de isômero cis do 1,2-dimetilciclopentano

 

A Isomeria geométrica (cis-trans) ocorre em cadeias abertas e em cadeias fechadas.

Para que ela ocorra em cadeias fechadas é necessário que pelo menos dois átomos de carbono do ciclo tenham ligantes diferentes entre si e iguais aos do outro átomo de carbono, ou seja:

          H2
           C
          /   
X ─ C ─ C ─ B
       │     │
       Y     A

Em que X e Y devem ser obrigatoriamente diferentes e B e A também precisam ser diferentes.

No caso das cadeias cíclicas, não há a possibilidade de uma rotação na ligação entre os átomos de carbono, como ocorre em cadeias abertas saturadas (ligações simples). A rotação completa em torno dos seus eixos romperia o ciclo, pois a estrutura é rígida.

Isso significa que se tivéssemos uma molécula em que os ligantes iguais de dois átomos de carbono estivessem em lados opostos, isto é, um em cima do plano do ciclo e outro abaixo do plano, não haveria como ocorrer uma rotação e ser a mesma molécula, em que eles estariam no mesmo lado (os dois acima do plano ou os dois abaixo do plano). Essas duas moléculas não são superpostas. Portanto, são estereoisômeros cis-trans.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Se os ligantes iguais estiverem do mesmo lado do plano, o isômero é cis. Mas, no caso de estarem em lados opostos, o isômero é trans.

Veja um exemplo:

A seguir, temos duas estruturas possíveis para o 1,2-dimetilciclopentano. Se traçarmos um plano imaginário, veremos que no primeiro caso os dois ligantes metil estão acima do plano do ciclo, sendo então o isômero cis. Já a segunda estrutura é o isômero trans, pois os dois ligantes iguais estão em lados opostos.

Isômeros geométricos do 1,2-dimetilciclopentano

Assuntos Relacionados