Você está aqui
  1. Mundo Educação
  2. Química
  3. Química Orgânica
  4. Isomeria
  5. Isomeria Óptica: conceito de simetria

Isomeria Óptica: conceito de simetria

“A isomeria óptica estuda os isômeros opticamente ativos que possuem mesma fórmula molecular, mas que se diferenciam pelo tipo de desvio do plano da luz polarizada.”

Isomeria óptica estuda o comportamento das substâncias que têm a propriedade de desviar o plano de vibração da luz, elas são, por isso, denominadas de isômeros ópticos.
No mesmo contexto temos o conceito de simetria, que define o comportamento de objetos frente ao espelho.

Uma estrutura para ser considerada simétrica precisa apresentar um plano de simetria: quando colocada diante de um espelho reflete uma imagem idêntica a ela.



O reflexo de nossa mão esquerda em um espelho plano produz uma imagem revertida (contrária) que corresponde à mão direita, dizemos então que essa é uma imagem assimétrica, não sobreponível.

A ilustração abaixo mostra a representação de uma molécula assimétrica e a sua imagem obtida num espelho plano.



Compostos assimétricos: a imagem refletida é diferente da original. O par objeto-imagem não são sobreponíveis.

A assimetria molecular ocorre quando existir, na estrutura da molécula, pelo menos um carbono assimétrico, veja a demonstração:

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

A estrutura apresenta o carbono com quatro ligantes diferentes entre si. Esse carbono é destacado por um asterisco (C*) e recebe o nome de carbono assimétrico ou quiral.

Um exemplo de composto contendo carbono quiral é o ácido láctico, no qual os quatro ligantes diferentes determinam as condições para isomeria óptica.

Publicado por: Líria Alves de Souza

Assuntos Relacionados