Você está aqui
  1. Mundo Educação
  2. Química
  3. Curiosidades Químicas
  4. Louis Pasteur e a Estereoquímica

Louis Pasteur e a Estereoquímica

O trabalho do químico e biólogo francês Louis Pasteur, foi fundamental para o desenvolvimento da Medicina e da Indústria de alimentos.
A Estereoquímica, ramo da química que estuda as disposições espaciais de moléculas, se desenvolveu a partir dos estudos de Pasteur. Em suas pesquisas, tomou como base os sais do ácido tartárico formado em tonéis de vinho. O formato dos cristais salinos chamou a atenção de Pasteur que passou a pesquisá-los sob a ação de luz polarizada. A pesquisa da constituição molecular dos cristais deu início à Estereoquímica em 1848.

Experimento de Pasteur

Pasteur preparou uma solução aquosa de ácido tartárico e analisou-a em um polarímetro (instrumento destinado à medição do ângulo de rotação do plano de polarização de uma substância opticamente ativa). Ele observou que a solução desviava a luz para a direita, ou seja, era opticamente ativa e dextrógira.

Pasteur fez então uma associação entre a cristalografia, a química e a óptica. A união dessas ciências estabeleceu o paralelismo entre a forma exterior de um cristal, sua constituição molecular e sua ação sobre a luz polarizada.

Foi a partir desses estudos que se revelou a linha de demarcação entre o mundo orgânico e o mineral. As substâncias de natureza viva são opticamente ativas quando submetidas à luz polarizada, e nas de natureza mineral acontece o contrário, elas permanecem inativas.

E não podemos nos esquecer das contribuições de Pasteur para a Indústria alimentícia, foi graças a ele que se desenvolveu o processo de pasteurização. O método permite, por exemplo, eliminar as bactérias deteriorantes em leites e derivados.
Louis Pasteur (1822-1895)
Louis Pasteur (1822-1895)
Publicado por: Líria Alves de Souza

Assuntos Relacionados