Montagem da fórmula dos ácidos

A montagem da fórmula dos ácidos é dependente do conhecimento da sua regra de nomenclatura e do nome e composição do ânion dessas substâncias.

A montagem da fórmula dos ácidos inorgânicos é realizada com base no nome dessas substâncias, proposto por um texto ou enunciado, e em três aspectos fundamentais, os quais são:

  • Conhecer a fórmula geral padrão de um ácido inorgânico, a qual possui o cátion hidrônio (H+) associado com um ânion qualquer (X-), conforme representação abaixo:

Fórmula geral de um ácido inorgânico
Fórmula geral de um ácido inorgânico

Ácido + nome do ânion + substituição da terminação

Observação: As terminações dos nomes dos ácidos (“ico”, “oso” e “ídrico”) são substituídas pelas respectivas terminações “ato”, “ito” e “eto” dos nomes dos ânions.

  • Conhecer os nomes, a fórmula e as cargas dos principais ânions existentes, presentes na seguinte tabela:

Tabela de ânions
Tabela de ânions

Assim, a partir desses conhecimentos, basta realizar a montagem da fórmula dos ácidos conforme o passo a passo dos exemplos a seguir:

Exemplo 1: Ácido sulfídrico

  • 1º Passo: o termo sulfídrico está relacionado ao nome do ânion. Ao trocar “ídrico” por eto, chegamos ao nome do ânion, que é sulfeto;

  • 2º Passo: a representação do ânion sulfeto na tabela acima é S-2;

  • 3º Passo: para montar a fórmula do ácido, basta realizar o cruzamento das cargas dos íons hidrônio (H+1) e sulfeto (S-2), respeitando a fórmula geral:

Montagem da fórmula do ácido sulfídrico
Montagem da fórmula do ácido sulfídrico

Exemplo 2: Ácido fosfórico

  • 1º Passo: o termo fosfórico está relacionado ao nome do ânion. Logo, retirando o “or” (que é adicionado sempre que o ácido apresenta fósforo), teríamos fosfico. Ao trocar “ico” por “ato”, chegamos ao nome do ânion: fosfato;

    Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)
  • 2º Passo: a representação do ânion fosfato na tabela acima é PO4-3;

  • 3º Passo: para montar a fórmula do ácido, basta realizar o cruzamento das cargas dos íons hidrônio (H+1) e fosfato (PO4-3), respeitando a fórmula geral:

Montagem da fórmula do ácido fosfórico
Montagem da fórmula do ácido fosfórico

Exemplo 3: Ácido permangânico

  • 1º Passo: o termo permangânico está relacionado ao nome do ânion. Ao trocar “ico” por “ato”, chegamos ao nome do ânion: permanganato;

  • 2º Passo: a representação do ânion permanganato na tabela acima é MnO4-1;

  • 3º Passo: para montar a fórmula do ácido, basta realizar o cruzamento das cargas dos íons hidrônio (H+1) e permangânico (MnO4-1), respeitando a fórmula geral:

Montagem da fórmula do ácido permangânico
Montagem da fórmula do ácido permangânico

Exemplo 4: Ácido sulfuroso

  • 1º Passo: o termo sulfuroso está relacionado ao nome do ânion. Logo, retirando o “ur” (que é adicionado sempre que o ácido apresenta enxofre com terminação diferente de “ídrico”), teríamos o nome sulfoso. Ao trocar “oso” por “ito”, chegamos ao nome do ânion: sulfito;

  • 2º Passo: a representação do ânion sulfito na tabela acima é SO3-2;

  • 3º Passo: para montar a fórmula do ácido, basta realizar o cruzamento das cargas dos íons hidrônio (H+1) e sulfito (SO3-2), respeitando a fórmula geral:

Montagem da fórmula do ácido sulfuroso
Montagem da fórmula do ácido sulfuroso

Fórmula do ácido clorídrico
Fórmula do ácido clorídrico
Publicado por: Diogo Lopes Dias

Assuntos Relacionados